2 eventos ao vivo

Goiás é denunciado e pode perder título estadual

8 mai 2009
19h01

Assegurado dentro de campo, o título de campeão goiano do Goiás pode ser perdido fora das quatro linhas. Mais uma denúncia foi feita contra o clube por uma suposta escalação irregular do volante Everton e, somada a outra pelo mesmo motivo com o mesmo jogador, feita há algumas semanas, pode tirar 12 pontos do clube, o que daria o caneco ao vice-campeão e arquirrival Atlético-GO.

» Veja as últimas do Goiás

A Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva de Goiás (TJD-GO) entregou a denúncia ao presidente do TJD-GO, Alexandre Magno nesta sexta-feira. O caso deverá ser julgado nesta terça e colocará o clube esmeraldino na berlinda enquadrado no artigo 214 (Incluir na equipe ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta que não tenha condição legal de participar de partida, prova ou equivalente) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Além dos 12 pontos que podem ser perdidos, já que cada infração tira seis tentos, o clube terá que pagar uma multa que varia de R$ 1 mil a R$ 10 mil se for considerado culpado.

Entenda o caso

Na partida contra o Crac pela semifinal do Goiano, o volante Everton foi denunciado em dois artigos por ter supostamente agredido um adversário. Como não foi expulso na hora do jogo pelo árbitro, o tribunal utilizou imagens televisas para julgar o caso.

Com isso, o tribunal pediu a suspensão preventiva de Everton, que foi concedida. Depois dele não atuar no segundo jogo da semifinal, o Goiás conseguiu a anulação da pena, através de Alexandre Magno, que revogou o gancho entendendo que o pedido de punição foi entregue fora do prazo.

Entretanto, não aceitando a sentença, a Procuradoria do estado recorreu da decisão de Magno, pedindo reconsideração da denúncia e da suspensão preventiva ao jogador. Como o volante atuou nos dois jogos da final contra o Atlético-GO, o clube formulou queixa contra o Goiás por escalação irregular do Everton.

Fonte: Terra
publicidade