Campeonato Mineiro

publicidade
02 de maio de 2010 • 22h30 • atualizado às 23h23

Campeão, Atlético-MG desfila por BH e provoca Cruzeiro

Em meio à festa, jogadores provocaram cruzeirenses com "flanelinha"
Foto: Ney Rubens / Especial para Terra
 

Ney Rubens
Direto de Belo Horizonte

Depois de conquistar o 40º titulo mineiro de sua historia ao bater o Ipatinga por 2 a 0 no Mineirão, o time do Atlético-MG desfilou pelas principais ruas de Belo Horizonte em carro aberto do Corpo de Bombeiros.

No trajeto, o treinador Vanderlei Luxemburgo e comandados foram ovacionados pela eufórica torcida alvinegra.

Também extasiados, alguns jogadores chegaram a entrar na onda da torcida e provocar o rival Cruzeiro. Um deles foi o atacante Diego Tardelli, que chegou a limpar o troféu com uma flanela amarela - a mesma que, por ironia, foi dada pela torcida cruzeirense pelo fato do Atlético ter ficado quase todo o Campeonato Brasileiro na zona que garantia uma vaga na Libertadores. Quem se classificou foi justamente o time azul.

"Ei, flanelinha; eu já sabia que essa taça era minha", gritavam.

A festa atleticana continuou na Praça Sete, ponto mais central de Belo Horizonte. Um trio elétrico com show da banda de rock Tianastácia agitou mais de 30 mil pessoas, segundo a Policia Militar.

O técnico Vanderlei Luxemburgo também participou do desfile. Antes, ele disse que já pensa no Santos, adversário de quarta-feira pela Copa do Brasil. Para se classificar as semifinais da competição, o Atlético joga por um empate.

"Estamos todos muito felizes, mas esse título já é passado. Vamos nos preparar bem, amanhã já viajamos para São Paulo, porque teremos um jogo difícil, mas podemos passar. A Copa do Brasil é o nosso próximo objetivo", disse o treinador.

Especial para Terra