0

Luxemburgo é campeão no Atlético-MG depois de apenas 5 meses

2 mai 2010
22h23
atualizado às 22h59

Em quase cinco meses de trabalho, um título. Conhecido como um treinador vencedor por onde passou, o técnico Vanderlei Luxemburgo ergueu seu primeiro troféu no comando do Atlético-MG em 2010.

A vitória por 2 a 0 sobre o Ipatinga, neste domingo, no Mineirão, sacramentou a conquista alvinegra do Campeonato Mineiro. Animado com o seu 11º título em competições estaduais, Luxemburgo enalteceu o trabalho durante a temporada.

"Eu cheguei aqui para ganhar, não tem esse negócio de chegar para perder. Falei para os jogadores sonharem em ganhar campeonato; se você não sonhar com isso, como vai trabalhar? Acreditei deste o início que eu ia ganhar um campeonato e trabalhei para isso", disse Luxemburgo.

"Entre você acreditar e sonhar, você tem que praticar. Nós praticamos isso durante a competição. Iniciamos a competição com desconfiança de todo mundo - o que é normal, um projeto novo, mas fomos desenvolvendo e passamos a acreditar na conquista do campeonato, todos acreditaram nisso", complementou.

O título mineiro conquistado pelo Atlético este ano foi o 40º da história do clube. O último troféu levantado na disputa havia sido em 2007.

Após dois anos turbulentos, o clube evoluiu na direção do presidente Alexandre Kalil em 2009, mas perdeu o título do Campeonato Mineiro para o Cruzeiro, foi eliminado precocemente da Copa do Brasil e mesmo com uma boa campanha no Brasileiro, terminou em sétimo lugar. Contente com o novo triunfo do Atlético, Luxemburgo destacou também o trabalho realizado em 2009.

"Vim pra cá para desenvolver um projeto, mas esse projeto não começou agora comigo. Só estou acrescentando um projeto que começou ano passado com o Kalil. Ano passado, o Atlético teve uma temporada boa, só não ganhou título, mas foi um início de um Atlético sério, planejado e que trata os profissionais com seriedade. Estamos num projeto profissional e todos têm que se doar ao máximo para que nós possamos conquistar títulos. Quero dar os parabéns ao Kalil, que iniciou ano passado, e nós chegamos agora e conquistamos o primeiro título", ressaltou.

A vitória do Atlético neste domingo por 2 a 0 foi construída somente no segundo tempo. Mas durante todo a partida, o Atlético-MG jogou melhor que o adversário, esteve fortalecido na marcação e atacou na hora certa. Satisfeito com o desempenho de seus jogadores, Luxemburgo enalteceu a participação da torcida atleticana.

"Tivemos mais um avanço contra o Santos (pela Copa do Brasil) e contra o Ipatinga hoje. A torcida nos aplaudiu, jogou a gente pra cima e tivemos o equilíbrio de administrar bem o jogo. O Ipatinga não teve uma possibilidade. Com essa torcida não dá para você jogar, mesmo com vantagem aqui, um jogo que você tem que ficar administrando o resultado para trás. Tem que estar bem postado e agredir o adversário como nós agredimos, se não a coisa complica", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade
publicidade