0

Técnico nega "salto alto" dos jogadores do Remo

4 abr 2012
14h27
atualizado às 14h55

Neste domingo, o Remo enfrenta o São Francisco pela semifinal do Campeonato Paraense e inicia a luta direta pelo título do segundo turno do Estadual. A conquista vale vaga para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro.

» Ronaldinho? Júlio César? Escolha quem você levaria para a Olimpíada
» Quanto você pagaria para contratar jogadores? Veja preços e vote

Invicto após nove rodadas e com o melhor aproveitamento do returno, O Remo encara a equipe de Santarém com a vantagem de jogar por dois resultados iguais, além de poder decidir os jogos dentro de casa.

Mas o técnico Flávio Lopes afirma que isso não é motivo para relaxar e dispensa "salto alto" dos jogadores para a partida. "Ser o primeiro colocado da fase de classificação é muito bom, mostra que as coisas estão indo bem. Mas de nada adiantará chegar a essa situação e não demonstrar força para derrotar o São Francisco nesses dois jogos", afirmou o treinador ao jornal O Liberal

Lopes concedeu folga ao elenco na ultima segunda-feira e voltou aos trabalhos na manhã de terça visando a primeira partida da semifinal no fim de semana.

Campeonato Paulista - Série A2
O Terra, maior empresa de Internet da América Latina, exibe ao vivo os jogos da Série A2 do Campeonato Paulista, uma das mais respeitadas e tradicionais competições do País. As partidas serão narradas por Marcelo do Ó e comentadas por Ary Pereira Junior e Bruno Prado. Os internautas podem conferir tabelas, classificação e notícias do torneio, além de participar das transmissões por meio de comentários e mensagens via redes sociais.

Um grupo de manifestantes invadiu nesta quarta-feira o terreno em que está sendo construído o Itaquerão, estádio do Corinthians que será usado na Copa do Mundo de 2014. Segundo informado no site do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto, o protesto tem como motivo denunciar os "crimes" que ocorrem nas obras para o Mundial
Um grupo de manifestantes invadiu nesta quarta-feira o terreno em que está sendo construído o Itaquerão, estádio do Corinthians que será usado na Copa do Mundo de 2014. Segundo informado no site do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto, o protesto tem como motivo denunciar os "crimes" que ocorrem nas obras para o Mundial
Foto: Paulo Fischer / Futura Press
Fonte: Lancepress!
publicidade