0

Rafael Moura ironiza centenário rival em festa atleticana

3 mai 2009
23h34
atualizado em 4/5/2009 às 18h08

Artilheiro do Campeonato Paranaense com 14 gols e campeão estadual na tarde deste domingo, o atacante Rafael Moura interrompeu o silêncio na festa do título rubro-negro e fez um desabafo ao final da vitória por 2 a 0 sobre o Cianorte, na Arena da Baixada, além de ironizar o centenário do Coritiba, rival que terminou a disputa na terceira posição.

» Fotos da rodada decisiva no PR
» Atlético-PR é campeão e estraga centenário rival
» Baixe o pôster do campeão Atlético-PR
» Comente o título do Atlético-PR

Indignado com algumas críticas, Rafael Moura garante que não guardou mágoas, mas que preferiu ficar um período sem dar entrevistas para não perder o foco no campeonato. "Queria mais do que ninguém esse título. Muita bobagem foi dita, escutei todas as declarações, algumas até de mau gosto, e isso fez com que eu me fortalecesse", disse o camisa nove.

O artilheiro também não poupou o Coritiba, maior adversário do Atlético-PR e reafirmou que agora, com o título, está comprovado qual é o melhor time do Paraná. "Muita gente estava dizendo que o time do Couto (Pereira, estádio do Coritiba) era melhor. Eles mostraram no Atletiba que eram melhores, mas na totalidade nós que fomos campeões", desabafou Moura.

Quanto à provocação da torcida atleticana, que entoava gritos ressaltando que o Atlético-PR manchou o centenário do Coritiba, o atacante cutucou. "No centenário deles quem entra para a história somos nós. Mas isso é uma brincadeira da torcida. Ficamos felizes, mas respeitamos os profissionais que estão lá (no Coritiba)",disse Rafael Moura.

Fonte: Especial para Terra
publicidade