1 evento ao vivo

Após derrota, Neymar reclama de gramado, juiz e até de jogo no Carnaval

10 fev 2013
20h04
atualizado às 21h46
  • separator
  • 0
  • comentários

O atacante Neymar deixou a sua marca, fazendo um gol aos 47min do segundo tempo, mas que não foi suficiente para impedir a derrota do Santos para o Paulista, por 3 a 1, na tarde deste domingo, no Pacaembu. Na saída do gramado, o atacante reclamou bastante das condições do campo de jogo, que ficou muito castigado por conta da forte chuva que caiu em São Paulo.

<p>Neymar marcou nos acréscimos, mas Santos perdeu para o Paulista de Jundiaí</p>
Neymar marcou nos acréscimos, mas Santos perdeu para o Paulista de Jundiaí
Foto: Fernando Borges / Terra

"O gramado prejudicou o nosso futebol, que é rápido e de bola no chão. No primeiro tempo não teve como jogar. No segundo tentamos a vitória, mas ficamos muito vulneráveis. O time vacilou um pouco", disse Neymar.

Descontente com o resultado, o primeiro revés santista no Paulista, o camisa 11 não poupou nem a diretoria do Santos e a Federação Paulista de Futebol. Segundo Neymar, marcar um jogo para o domingo de Carnaval não é uma boa medida - a cúpula alvinegra alterou a partida, em pedido acatado pela FPF, marcada inicialmente para sábado, na Vila Belmiro, para a capital paulista, visando ter uma maior arrecadação.

"É ruim perder, ainda mais no Carnaval. Mas também tem que dar uma 'cutucada’. Jogo no domingo de Carnaval não é pra qualquer um. O pessoal (está) de folga, não é para trabalhar", comentou.

Por fim, o atacante ainda reclamou do cartão amarelo aplicado pelo árbitro, nos minutos finais do confronto. Neymar reclamou da forte marcação do Paulista de Jundiaí e acabou sendo advertido pelo juiz. "Ele só vacilou no amarelo para mim. É sempre assim. Na dúvida, é amarelo para mim", encerrou.

Baixe gratuitamente o aplicativo Sigo meu Time e acompanhe seu time do coração

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade