0

Barrado, Alex Silva dá razão a Carpegiani

8 mar 2011
15h43

O zagueiro Alex Silva evitou criticar o técnico do São Paulo, Paulo César Carpegiani, que o barrou da equipe titular no primeiro treinamento da equipe depois da folga concedida aos jogadores durante o carnaval.

Em entrevista ao diário Lance, o jogador comentou o fato. "Tive esse problema com meu filho (uma virose), tive de levá-lo ao médico, mas na sexta-feira mandei uma mensagem para o Milton Cruz e, no sábado, falei com o Carpegiani por volta das 13h", justificou o jogador, sem tirar, contudo a razão do técnico.

"Ele entendeu meu problema. Mas acho que acertou, fiquei de cabeça quente quando soube, mas passou e, afinal, fiquei dois dias sem treinar, ainda teve a folga do Carnaval, então é muito tempo sem atuar", disse Alex. "O Carpegiani disse que quer dar uma sequência ao Xandão e tenho de respeitar. Espero que ele possa se firmar, se estiver bem", completou.

Alex afirmou ainda que o episódio não prejudicará sua continuidade no clube, ainda que ele não tenha certeza de quando voltará a ser relacionado. Questionado se uma possível ausência também do duelo contra o Santo André, no próximo domingo, o surpreenderia, ele não soube dizer.

"Não sei, não depende de mim, depende do Carpegiani. Vou treinar hoje na parte da tarde, amanhã também e depois volto na sexta com o restante do grupo. Vou continuar treinando normalmente e a vontade de permanecer será a mesma. A confiança na diretoria para renovar meu contrato é a mesma, mesmo que eu fique no banco de reservas ou não seja relacionado", declarou o zagueiro.

Alex Silva tem contrato com o São Paulo até julho deste ano e o presidente do clube, Juvenal Juvêncio, já demonstrou interesse em adquiri-lo em definitivo do Hamburgo, da Alemanha, clube o qual detém os direitos de Alex.

Alex Silva admitiu razão do treinador ao barrá-lo
Alex Silva admitiu razão do treinador ao barrá-lo
Foto: Samir Baptista / Especial para Terra
Fonte: Lancepress!

compartilhe

publicidade