1 evento ao vivo

Clássicos do Paulista mantêm sina de placares zerados e pouca torcida

25 mar 2013
09h04
atualizado às 09h04
  • separator
  • 0
  • comentários

Os clássicos geralmente são os momentos de maior emoção dos torneios no Brasil. No Campeonato Paulista, a tônica não vem sendo essa. No último domingo, Palmeiras e Santos empataram sem gols no Estádio do Pacaembu e seguiram a sina da edição 2013 do Estadual, que vê os confrontos entre os grandes contar com poucos gols e torcedores nas arquibancadas.

Clássicos do Campeonato Paulista atraem pouco público aos estádios
Clássicos do Campeonato Paulista atraem pouco público aos estádios
Foto: Bruno Santos / Terra
Santos x Corinthians no Morumbi viu público reduzido
Santos x Corinthians no Morumbi viu público reduzido
Foto: Marcelo Pereira / Terra

Dos cinco clássicos que foram disputados no Paulista entre os considerados "quatro grandes", somente o empate entre Corinthians e Palmeiras contou com público superior a 20 mil. No último domingo, o Pacaembu registrou a pior presença de torcida, com apenas 11.912 pagantes. Além disso, os três últimos clássicos terminaram sem gols.

"Acho que são muitos aspectos para que o público não venha. É difícil falar o que o torcedor está pensando. O time também não está jogando como o torcedor gostaria e convencendo. Une tudo. De repente a violência dos estádios, o preço dos ingressos, o futebol que as equipes vêm apresentando", disse Edu Dracena, capitão do Santos.

Os clássicos entre grandes no Paulista 2013

Data Jogo Local Público
03/02 Santos 3 x 1 São Paulo Vila Belmiro 14.283
17/02 Corinthians 2 x 2 Palmeiras  Pacaembu  34.010
03/03 Santos 0 x 0 Corinthians Morumbi 17.155
10/03 São Paulo 0 x 0 Palmeiras Morumbi 18.020
24/03 Palmeiras 0 x 0 Santos Pacaembu  11.912

Para o zagueiro, um dos motivos para o futebol menos vistoso e a ausência de gols pode ser a maior concentração do setor de marcação dos times envolvidos nos clássicos. "Acredito que é porque o pessoal da defesa e do meio de campo está se concentrando mais, dando menos espaços para grandes jogadores. Se deixar Neymar e Montillo com espaço, eles vão decidir um jogo a qualquer momento. Quando eles não estão, de repente se equilibra mais", explicou.

O Santos de Dracena protagonizou o único clássico entre grandes que terminou em vitória. Na quinta rodada do Campeonato Paulista, em 3 de fevereiro, a equipe alvinegra derrotou o São Paulo por 3 a 1, em partida que marcou o retorno de Paulo Henrique Ganso à Vila Belmiro.

Pouco mais de 18 mil viram São Paulo e Palmeiras empatar sem gols no Morumbi
Pouco mais de 18 mil viram São Paulo e Palmeiras empatar sem gols no Morumbi
Foto: Fernando Borges / Terra

Já o Palmeiras participou de três empates, sendo que apenas o 2 a 2 com o Corinthians viu o placar ser alterado. Para o técnico Gilson Kleina, sua equipe foi superior mesmo sem conseguir vitórias, ainda mais se considerando que o time ainda está em formação após o rebaixamento à segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

"Fazendo a comparação dos três clássicos, achei que o Palmeiras jogou melhor nos três. Empatamos, mas por ser uma equipe que começou em baixa, não posso tirar o mérito do Palmeiras nos clássicos. Claro que enfrentamos equipes dificílimas, mas, nos três que vi, fazendo uma comparação, podemos ter oscilado, mas o Palmeiras foi superior na maioria das partes", explicou o treinador do Palmeiras.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade