0

Com gol de talismã, Palmeiras bate Mirassol e assume liderança

2 fev 2011
23h49
atualizado em 3/2/2011 às 01h10

O Palmeiras sofreu, mas venceu o Mirassol nesta quarta-feira por 1 a 0 e é o novo líder isolado do Campeonato Paulista. Atuando Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, o time alviverde chegou ao gol do triunfo já no final da partida, aos 31min do segundo tempo, com o jovem Patrik.

Com o resultado, os palmeirenses chegam aos 16 pontos e deixam o agora vice-líder Santos com 14. Já o Mirassol, com dez, permanece em quarto, ao menos até o complemento da sexta rodada da competição.

Em grande noite do goleiro Fernando Leal, o Palmeiras chegou ao gol somente aos 31min da segunda etapa, quando Patrik, que havia entrado minutos antes, aproveitou cruzamento de Cicinho para empurrar para as redes.

Na próxima rodada, o Palmeiras tem pela frente o clássico contra o Corinthians, às 17h de domingo, no Pacaembu, enquanto, às 19h30 do mesmo dia, o Mirassol visita o Bragantino, no Nabi Abi Chedid.

O Jogo:

Mesmo desfalcado das estrelas Marcos, Kleber, Valdívia e Marcos Assunção, o Palmeiras dominou a partida desde o começo. Logo nos primeiros minutos, o time alviverde teve três ótimas oportunidades de gol. Com alguns segundos de partida, Adriano fez cruzamento para a área e a bola, perigosamente, passou na frente do goleiro Fernando Leal. Aos 7min, João Vitor, que substituiu Marcos Assunção, experimentou de muito longe e o arqueiro adversário fez ótima defesa. E aos 11min, ocorreu a melhor chance do Palmeiras na partida: depois do cruzamento da direita, Luan finalizou para nova grande defesa de Fernando. No rebote, Dinei chutou novamente e o goleiro se recuperou rápido para salvar o primeiro gol sofrido pelo Mirassol.

E Fernando Leal foi mesmo o grande nome do primeiro tempo. Aos 19min, Luan cobrou ótima falta, mas o goleiro foi buscar. Dois minutos mais tarde, Adriano recebeu na área e finalizou, mas o arqueiro estava mesmo disposto a não tomar gols.

O grande número de oportunidades perdidas pelo Palmeiras seguiu com um chute de perna esquerda de Adriano e a cabeçada de Thiago Heleno. Mas o gol não saiu. Até que, a partir dos 30min, o Mirassol melhorou o toque de bola no meio de campo e conseguiu diminuir o ímpeto do rival para levar o 0 a 0 até o intervalo.

Nos 45 minutos finais, o jogo percorreu em ritmo mais lento, a não ser pela bela finalização de Renato Peixe, que bateu no ângulo e obrigou Deola a fazer grande defesa, logo aos 2min.

Aos 15min, Felipão fez a substituição que garantiria os três pontos e a liderança para o Palmeiras: o jovem Patrik entrou na vaga de Adriano. Quinze minutos após sua entrada, o talismã alviverde aproveitou cruzamento de Cicinho, vindo da direita, e finalizou para as redes e pôs seu time na liderança isolado do Campeonato Paulista.

Ficha Técnica:

Mirassol 0 x 1 Palmeiras

Gols

Palmeiras:
Patrik, aos 31min do segundo tempo

Mirassol: Fernando Leal; Samuel, Gustavo Bastos, Dézinho e Diego (Renato Peixe); Magal, Jairo, Esley e Xuxa (Reinaldo Alagoano); Marcelinho e Wellington Amorim (Serginho). Técnico: Ivan Baitello

Palmeiras: Deola; Cicinho (Vitor), Thiago Heleno, Maurício Ramos e Rivaldo; João Vitor, Márcio Araújo e Tinga; Luan (Max Santos), Dinei e Adriano (Patrik). Técnico: Luiz Felipe Scolari

Cartões amarelos
Mirassol: Dézinho, Diego e Esley

Árbitro
Flávio Rodrigues de Souza

Local
Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP)

Com informações da Gazeta Esportiva

Fonte: Terra
publicidade