0

Com "olá" de Ronaldo, novo ataque brilha em goleada

17 jan 2009
18h33
atualizado às 22h35

Na tarde em que a torcida do Corinthians viu o atacante Ronaldo pisar no gramado do Pacaembu pela primeira vez com a camisa alvinegra, os seus companheiros Jorge Henrique e Souza roubaram a cena e presentaram os fãs com três gols na vitória por 5 a 1 sobre o Estudiantes, em amistoso disputado na tarde deste sábado, na capital paulista.

» Fotos de Corinthians x Estudiantes
» Fotos de Ronaldo no Pacaembu
» Aplaudido, Ronaldo entra em campo no Pacaembu
» Ronaldo se diz impressionado com torcida
» Comente a vitória do Corinthians

Ainda em fase de recuperação, o novo camisa nove do Parque São Jorge foi ao gramado e recebeu os aplausos e gritos de incentivo das arquibancadas, mas só aumentou a expectativa em torno de sua estréia no time comandado por Mano Menezes.

Sem poder contar ainda com seu maior astro e com a ausência de Dentinho, que está com a Seleção Brasileira Sub-20, e o argentino Herrera, que não acertou a sua permanência na equipe e retornou ao Gimnasia, o time contou com um novo ataque, formado pelos recém-contratados Jorge Henrique e Souza.

Além dos desfalques ofensivos, o Corinthians também não teve a presença do meia Morais, que segue afastado da equipe após punição de 120 dias de suspensão devido a uma briga com jogadores do Avaí na rodada de encerramento da Série B do ano passado, no mesmo Pacaembu.

Em bom número, apesar das reformas, da chuva e da pouca importância da partida, a torcida corintiana demorou apenas 31 minutos para ver funcionar a dupla de ataque. Depois de ter mais posse de bola, mas pouco ameaçar, o time mandante chegou com perigo em jogada da dupla. Lançado na área, Souza driblou o goleiro Andújar e cruzou para Jorge Henrique, que só teve o trabalho de empurrar para as redes.

Sob os olhares de Ronaldo, o time mandante seguia melhor no duelo mesmo após abrir vantagem. Depois de criar boas chances com o lateral André Santos e o zagueiro Chicão, que pararam em boas defesas de Andújar, o Corinthians aumentou o placar e novamente deu alegrias ao seu torcedor no fim da primeira etapa.

Com 40min de bola rolando, o ex-atacante do Botafogo aproveitou grande falha de Alayes depois de um lancamento e ficou de frente para o goleiro da formação argentina. Com calma, Jorge Henrique tocou com categoria no canto esquerdo e anotou o seu segundo tento no confronto.

Sem se encontrar em campo, o Estudiantes só ameaçou a meta corintiana aos 45min. Depois de falta cobrada na área, Pérez desviou de cabeça e deu trabalho para Felipe. No entanto, na volta dos vestiários, o Corinthians retomou o domínio e quase marcou aos 3min, em lance que Souza completou cruzamento de André Santos, mas finalizou em cima de Andújar.

Sempre contando com os incentivos da arquibancada, o time de Mano Menezes criou mais duas boas oportunidades, mas parou na presença do goleiro adversário em chutes de Douglas e Jorge Henrique. Mas aos 23min, em lance que Felipe tentou afastar e não conseguiu, o Estudiantes pegou o rebote e Carrasco só teve o trabalho de tocar no canto para diminuir o prejuízo.

Após ver o adversário enconstar no placar, novamente o time do Parque São Jorge contou com a força de sua nova dupla de ataque para melhorar a situação no duelo. Depois de passar perto de marcar duas vezes, Souza aproveitou cruzamento de Elias e finalizou forte para as redes.

Mesmo após fazer alguns testes com jogadores que começaram no banco de reservas, o Corinthians manteve o domínio e chegou às redes mais duas vezes antes do apito final. Na primeira, aos 33min, Cristian cobrou falta para a área e William completou de cabeça, sem dar defesa para Andújar.

Em seguida, o time paulista teve a sua trave carimbada em testada de Cellay, mas soube aproveitar novo contra-ataque para chegar ao quinto e selar a goleada. Aos 42min, Eduardo Ramos foi ao fundo e serviu outro atacante do elenco. Livre de marcação, Otacílio Neto contou com o escorregão de um marcador e não deu chances ao goleiro rival.

Ficha Técnica

Corinthians5x1Estudiantes

Equipes

Felipe
Alessandro
Chicão
William
(Jean)
André Santos
(Wellington Saci)
Cristian
Túlio
(Fabinho)
Elias
(Diogo)
Douglas
(Eduardo Ramos)
Jorge Henrique
(Otacílio Neto)
Souza

Andújar
Angeleri
(Rojo)
Alayes
(Fernando)
Desábato
Cellay
Pérez
Sánchez
Galván
(Nuñes)
Benítez
(Huerta)
Fernández
(Salgueiro)
Calderón
(Carrasco)


Técnico:
Mano Menezes

Técnico:
Leonardo Astrada

Gols

1ºT 31min - Jorge Henrique
40min - Jorge Henrique
---------------
2ºT 24min - Souza
33min - William
42min - Otacílio Neto
23min - Carrasco

Cartões amarelos

Cristian
Túlio
Souza
Desábato
Cellay
Fernández
Sánchez

Cartões vermelhos

--------------- Sánchez

Local

Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Rodrigo Bragheto

Veja também:

Fonte: Terra
publicidade