PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Corinthians empata com Penapolense e é eliminado do Paulista

16 mar 2014 17h58
| atualizado às 18h35
ver comentários
Publicidade

O Corinthians voltou a decepcionar o torcedor na tarde deste domingo. Irregular durante todo o Campeonato Paulista, a equipe alvinegra foi até a cidade de Penápolis encarar o Penapolense, que faz boa campanha no torneio, e não conseguiu sair de um empate por 0 a 0 pela penúltima rodada da competição. O resultado eliminou o clube de Parque São Jorge do Estadual, já que o Ituano venceu o São Paulo no Morumbi e abriu vantagem de quatro pontos no Grupo B com apenas uma rodada a ser realizada. 

Luciano não conseguiu evitar a eliminação do Corinthians
Luciano não conseguiu evitar a eliminação do Corinthians
Foto: Celio Messias / Agência Lance

A equipe do Parque São Jorge fez uma partida que traduziu o desempenho ao longo do Campeonato Paulista: começou mal e só foi melhorar no segundo tempo, com o desespero devido à possibilidade de ser eliminado precocemente do primeiro torneio do ano. Não adiantou a pressão do time visitante, com um pênalti não marcado pela arbitragem, e o empate foi indigesto para todos os corintianos.

Na última rodada do Campeonato Paulista, o Corinthians apenas cumpre tabela contra o Atlético Sorocaba no Pacaembu, às 16h (de Brasília) do próximo domingo. No mesmo dia e horário, o Penapolense, já classificado em segundo lugar do Grupo A com 19 pontos, visita o Ituano, que também avançou às quartas de final do Paulista com os 25 pontos conquistados - o time da capital, eliminado, soma 21. .

A primeira etapa do duelo foi de poucas oportunidades para as duas equipes. O Penapolense começou melhor e aproveitou uma perdida equipe do Corinthians para controlar a posse de bola no campo ofensivo, mas mesmo assim criou poucos lances reais de gols. O time alvinegro só foi melhorar no fim do tempo inicial, quando esboçou uma pressão sem dar trabalho ao goleiro adversário.

Romarinho tenta passar pela defesa do Penapolense
Romarinho tenta passar pela defesa do Penapolense
Foto: Celio Messias / Agência Lance

O retorno para o segundo tempo foi intenso. Logo aos 3min, Romarinho tentou cortar cruzamento e acertou a trave de Cássio – na sobra, o Penapolense quase completou para as redes. Quatro minutos depois foi a vez de Romarinho cabecear sozinho após cobrança de falta de Jadson, desta vez na área correta, mas o desvio saiu pela linha de fundo.

Com o passar do tempo e a eliminação iminente, o Corinthians, com as entradas de Renato Augusto e Uendel, passou a se soltar na partida para tentar buscar a vitória. A equipe alvinegra, contudo, sentia a falta de um atacante fixo na área e mostrava grande ineficiência ofensiva. Aos 31min, Uendel foi derrubado de carrinho na área, mas o juiz mandou o jogo seguir.

Na base do tudo ou nada, o time alvinegro se jogou ao ataque nos minutos finais. As maiores oportunidades eram em chutes de fora da área que passavam ao lado do gol do clube de Penápolis – aos 36min, em contra-ataque, o Penapolense perdeu gol claro que mataria o time de Parque São Jorge. Na última grande chance corintiana, Renato Augusto chutou para excelente defesa de Samuel – o zagueiro Cléber ainda foi expulso aos 44min. 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade