PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Favoritar Time

Corinthians joga água fria no Palmeiras e "batiza" Allianz

O time alvinegro jogou com time misto e ficou com um a menos, mas mesmo assim mostrou superioridade e venceu o clássico contra o rival

8 fev 2015 - 18h54
(atualizado às 20h13)
Ver comentários
Publicidade

O primeiro clássico do Allianz Parque foi um verdadeiro "choque de realidade" para o Palmeiras, neste domingo, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. O Corinthians usou um time misto e mesmo assim conseguiu vencer por 1 a 0, jogar água fria na festa dos rivais e "batizar" o estádio alviverde. Mesmo com a expulsão do goleiro Cássio no início do segundo tempo, o time alvinegro tomou poucos sustos e confirmou mais uma vitória. Veja detalhes de cada lance do jogo.

Paulista: veja lances de Palmeiras 0 x 1 Corinthians:

O clássico foi emocionante, mas nenhum dos times usou 100% de suas forças. Já era sabido que o Corinthians ia jogar com time misto - apenas cinco titulares foram escalados, por causa da decisão no meio de semana pela Copa Libertadores da América. Já o Palmeiras surpreendeu por não ter Dudu e Alan Patrick no time titular e remontar linha de frente que bateu o Audax na estreia - Maikon Leite, Robinho, Allione e Leandro Pereira.

O que decidiu o jogo no primeiro tempo foi um erro individual do zagueiro Vitor Hugo. Mas o Corinthians mereceu ir para o intervalo com 1 a 0 no placar, já que teve mais tranquilidade com a bola nos pés, mostrou padrão de jogo e acertou a trave duas vezes. O Palmeiras também teve um cabeceio na trave, mas apresentou problemas repetidos, típicos de um time desentrosado e desesperado: abusou dos chutões, exagerou na velocidade e dependeu de jogadas individuais.

No segundo tempo aconteceu o que todos palmeirenses queriam: entrou Dudu no lugar de Maikon Leite e rapidamente ele fez uma jogada individual para empolgar a torcida. Além disso, a expulsão do goleiro Cássio jogou o Palmeiras para frente. Era o risco necessário: atacar para buscar a vitória, mas deixar o Corinthians com o contra-ataque, principalmente por causa da boa atuação do colombiano Mendoza - Prass teve que fazer duas defesas difíceis para evitar um gol dele.

Durante o tempo em que ficou com um a mais, o Palmeiras teve total controle do jogo, mas errou por insistir em toques pelo meio. Quando tentou jogar pelas pontas, só aconteceram cruzamentos errados e poucas finalizações. Tite também merece méritos, porque mostrou mais uma vez como montar uma defesa, mesmo com um jogador a menos.

EXPULSÃO DO CÁSSIO

Foto: Miguel Schincariol / Gazeta Press

O lance mais polêmico do jogo aconteceu aos 11min do segundo tempo, quando o juiz Raphael Claus expulsou o goleiro Cássio. Ele já tinha mostrado um cartão amarelo para o goleiro, quatro minutos antes, por tirar as luvas para amarrar o cadarço e retardar o jogo. Na sequência, antes de cobrar um tiro de meta, Cássio foi buscar uma bola atrás do gol quando outra já estava disponível na área. O juiz concluiu que ele estava "fazendo cera" e por isso mostrou o vermelho. O goleiro disse que não tinha visto a bola.

ATUAÇÕES

Foto: Daniel Vorley/ Agif / Gazeta Press

No lado do Corinthians quem agradou bastante foi o colombiano Mendoza, que inclusive gerou comparações em relação a Dudu no Twitter. Já no lado do Palmeiras sobraram críticas a Vitor Hugo, que errou no gol decisivo.

 

 

 

 

 

TABU

O Corinthians ampliou o tabu de jogos sem perder para o Palmeiras. Foi a nona partida em que os alvinegros ganharam ou empataram. A última vitória alviverde aconteceu em um longíquo março de 2011. Esse tabu tem feito com que a freguesia histórica do Corinthians fique perto de acabar: agora o Palmeiras soma 121 vitórias, só uma a mais do que o rival, com 120 (são 105 empates).

GOL

32min do 1º tempo - Palmeiras 0 x 1 Corinthians 
Que vacilo! O canhoto Vitor Hugo recuou mal para Fernando Prass, Petros chegou antes, rolou para o meio da área e Danilo se esticou para fazer o gol

BRIGAS

Antes do jogo aconteceram confusões que envolveram torcidas de Palmeiras e Corinthians. O pior confronto foi entre alviverdes e policiais nas ruas Turiassu e Caraíbas. Houve lançamentos de garrafas, bombas de efeito moral e gás lacrimogênio, mas a briga foi controlada antes dea bola rolar. Já dentro do Allianz Parque a confusão foi menor: torcidas organizadas do Corinthians trocaram agressões por quererem colocar faixas no estádio.

vc repórter: sinta tensão antes de Palmeiras x Corinthians:

 

FICHA TÉCNICA - PALMEIRAS 0 X 1 CORINTHIANS

Local: Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 8 de fevereiro de 2015
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Anderson Jose de Moraes Coelho (SP)
Cartões amarelos: Robinho, Alan Patrick (Palmeiras); Bruno Henrique, Cássio
Cartão vermelho: Cássio (Corinthians)

Gol: CORINTHIANS: Danilo, aos 32min do primeiro tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Tobio, Vitor Hugo e Zé Roberto; Amaral (Alan Patrick) e Gabriel; Allione (Rafael Marques), Robinho e Maikon Leite (Dudu); Leandro Pereira. Técnico: Oswaldo de Oliveira

CORINTHIANS: Cássio; Edílson, Edu Dracena, Gil e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Petros (Cristian), Danilo e Mendoza (Luciano); Guerrero (Walter). Técnico: Tite

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade