0

Dirigente prevê definição de estádio do Corinthians até setembro

25 mar 2010
18h23
Gustavo Antonio
Direto de São Paulo

Depois de mandar três jogos na Arena Barueri, o Corinthians planeja abandonar o Pacaembu de vez. Segundo Luís Paulo Rosenberg, diretor de marketing do clube, a proposta da Prefeitura de São Paulo pela reforma e arrendamento do estádio paulistano era inviável. O dirigente ainda prometeu que o time alvinegro deverá ter uma definição sobre sua arena até setembro deste ano.

"O valor pedido pela Prefeitura de São Paulo (cerca de R$ 200 milhões) foi irreal. E não dá para esperar mudar o prefeito. Queremos bater o martelo sobre o estádio até o dia 1º de setembro (dia em que o clube completa 100 anos)", afirmou Rosenberg nesta quinta-feira.

Segundo o dirigente, o Corinthians está perdendo muito dinheiro ao mandar seus jogos no Pacaembu. "Sem poder aproveitar camarotes e arenas para shows, estamos perdendo cerca de R$ 20 milhões por ano. O Pacaembu está com vários problemas de estrutura. Infelizmente, pode virar um mausoléu do Paulo Machado de Carvalho", disse o dirigente.

Enquanto não define qual será seu novo estádio, o Corinthians segue no Pacamebu. No domingo, o time alvinegro realiza o clássico contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista. Já pela Libertadores, a equipe de Parque São Jorge enfrenta o Cerro Porteño na próxima quinta-feira.

Corinthians promete deixar de mandar partidas no Pacaembu
Corinthians promete deixar de mandar partidas no Pacaembu
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Fonte: Especial para Terra
publicidade