PUBLICIDADE

É melhor deixar a fera quieta, diz Mano sobre Ronaldo

17 abr 2009 - 12h37
(atualizado às 17h29)
Publicidade

O técnico Mano Menezes rebateu com ironia a uma declaração do vice-presidente de futebol do São Paulo, Carlos Augusto de Barros. Segundo a Folha de S.Paulo, o dirigente disse que, "quando era jogador, Ronaldo não fazia essas coisas", referindo-se à falta em cima de André Dias no clássico do último domingo.

» Veja as fotos do treino
» Para preparador, Ronaldo "vai explodir"
» Compare os desempenhos de Ronaldo, Keirrison, Kléber Pereira e Washington no Paulista
» Quiz: você sabe tudo sobre São Paulo x Corinthians?

"No futebol eu aprendi que fera a gente deixa quieta", disse o técnico do Corinthians, que venceu a partida contra o São Paulo por 2 a 1 no Pacaembu pelas semifinais do Campeonato Paulista.

O pisão de Ronaldo no tornozelo de André Dias provocou revolta nos dirigentes são-paulinos, que queriam a expulsão do atacante. No entanto, o árbitro Sálvio Espinola mostrou apenas o cartão amarelo.

Mano Menezes disse que declarações como a do vice-presidente são-paulino servem de motivação para o clube na partida de volta, neste domingo, no Morumbi. "A gente fica muito feliz com esse tipo de frase porque é uma motivação a mais para a gente e para o Ronaldo", disse.

O Corinthians precisa de um empate para avançar à final do Campeonato Paulista. Na outra semifinal, o Santos encontra-se na mesma situação para o duelo contra o Palmeiras no Palestra Itália.

Fonte: Terra
Publicidade