0

Feliz, Mano Menezes comemora vitória e marca histórica

13 abr 2009
09h53
  • separator

O semblante de Mano Menezes após a virada corintiana em cima do São Paulo, no último minuto do clássico de domingo, no Pacaembu, era de total felicidade. Mais perto da vaga na final do Campeonato Paulista, o técnico elogiou muito o comportamento de seu time diante do tradicional rival.

» Veja fotos de Corinthians x São Paulo
» Confira o vídeo da partida
» Corinthians marca no fim e vence clássico
» Comente o resultado do clássico

"O sentimento é de felicidade. Vencer um grande adversário, de forma espetacular, com um gol no último minuto do acréscimo, dá uma sensação de alegria muito grande. Nossa equipe teve a proposta de buscar o resultado até o final e foi recompensada", comemorou.

Mano também estava em êxtase por ter levado o Corinthians a quebrar uma marca histórica. Desde 1940, ano em que foi fundado o Pacaembu, o time alvinegro carregava um recorde de 23 jogos sem perder em sua "casa". A marca, alcançada pelo time dirigido por Carlos Alberto Silva nos anos de 1993 e 1994, foi superada neste domingo, com a vitória por 2 a 1.

"O Corinthians é muito forte no Pacaembu. A história mostra isso e nós temos a responsabilidade de continuar com essa história. Superamos o número de partidas invictas no Pacaembu após muito tempo. Estamos construindo um novo Corinthians, que após um tempo machucado e sofrendo, está voltando a enfrentar grandes adversários e a mostrar qualidades".

O treinador aproveitou para agradecer o esforço da diretoria em bater o pé e exigir junto à Federação Paulista que o primeiro duelo semifinal fosse no Pacaembu. "Quando eu disse que todos precisariam fazer sua parte, foi a isso que eu me referi. Cada um fez sua parte e o Corinthians saiu vencedor".

Autor do primeiro gol corintiano na virada sobre o São Paulo, o volante Elias também exaltou a empatia que marca a história alvinegra com o Paulo Machado de Carvalho. "Aqui é um inferno mesmo para os outros. O torcedor nos apoia como nunca e nos empurra para a vitória".

Volante Cristian vibra após marcar, nos acréscimos, o gol da vitória corintiana
Volante Cristian vibra após marcar, nos acréscimos, o gol da vitória corintiana
Foto: Reuters

Veja também:

Pelé é superestimado? Editor do L! avalia polêmica criada por site inglês
Fonte: Gazeta Press
publicidade