PUBLICIDADE

Leco pede desculpas a Ronaldo por "equívoco"

20 abr 2009 14h10
| atualizado às 14h24
Publicidade

O vice-presidente de futebol do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, divulgou uma nota oficial à imprensa pedindo desculpas ao atacante Ronaldo por suas declarações polêmicas antes do jogo do último domingo.

» Inter e Sport festejam; Ronaldo "cala" rival
» Italianos chamam Ronaldo de "todo poderoso"
» FPF confirma locais das finais
» Sanchez ironiza taxas do estádio

Na nota, Leco afirma que suas intenções foram mal interpretadas, e demonstrou apenas surpresa em relação às atitudes do camisa 9, que na primeira partida das semifinais entre Corinthians e São Paulo cometeu uma falta violenta no zagueiro tricolor André Dias. Para o dirigente, a atitude foi contra o histórico do corintiano.

Após a partida no Pacaembu, Leco chamou Ronaldo de "ex-jogador". O atacante, assim como seu treinador Mano Menezes, responderam às declarações do vice-presidente tricolor. O camisa 9 fez questão também de rebater a opinião de Leco depois do segundo jogo, quando fez o gol da vitória alvinegra, e chamou o dirigente de "babaca".

Leia na íntegra a nota oficial da diretoria:

"O meu comentário sobre o Ronaldo acabou ganhando proporções desmedidas, muito além da reprovação que fiz do gesto anti-esportivo por ele praticado intencionalmente contra um colega de profissão, num momento de irreflexão e agressividade.

Minha observação pode merecer a interpretação de um equívoco, fruto de uma reação carregada de emoção, mas não teve outra conotação que não a de manifestar minha surpresa e inconformismo diante de um ato jamais visto na gloriosa carreira desse jogador.

Claro que as circunstâncias conduzem num ou noutro sentido, e se ele tivesse sido expulso, como deveria, segundo o entendimento majoritário, o problema pararia ali. Se o São Paulo tivesse ganho o jogo de ontem, igualmente, o tema em questão não viria à baila. São hipóteses e detalhes.

Ele sabe, certamente, que todos estamos sujeitos a erros. De toda forma, faço o registro que todos nós, que admiramos sua história esportiva, preferimos vê-lo fazendo aquilo que realmente sabe: jogar futebol".

Ronaldo comemora gol marcado no clássico diante do São Paulo no Morumbi
Ronaldo comemora gol marcado no clássico diante do São Paulo no Morumbi
Foto: Marcelo Pereira / Terra
Fonte: Lancepress!
Publicidade