0

Muricy alfineta FPF e acha difícil alcançar rival

2 abr 2009
22h20

A vitória sobre o Guaratinguetá deixou o São Paulo mais próximo da liderança do Campeonato Paulista, mas o técnico Muricy Ramalho ainda acha difícil alcançar o Palmeiras nesta primeira fase. Na rodada de encerramento, no domingo, o líder atuará em casa diante do Botafogo, enquanto o time tricolor terá de ir a Presidente Prudente para jogar contra o São Caetano.

» Fotos de São Paulo x Guaratinguetá
» Classificado, São Paulo vence e cola no Palmeiras
» Veja a classificação atualizada
» Comente a vitória do São Paulo

Assim, Muricy voltou a criticar a Federação Paulista de Futebol, que autorizou a mudança de local do jogo contra o grupo do ABC Paulista. "Continua difícil porque o Palmeiras jogará em casa contra o Botafogo, e nós teremos um jogo duro que arrumaram para nós em Presidente Prudente. A Federação foi muito legal com o São Paulo, estão nos ajudando demais", ironizou o treinador.

Para alcançar a liderança, o São Paulo precisa vencer o São Caetano e ainda torcer por um empate do Palmeiras. Apesar de achar improvável que o time de Vanderlei Luxemburgo seja derrubado em casa, Muricy torce por uma surpresa no jogo do rival.

"Encostamos e garantimos a classificação. Vamos brigar e fazer de tudo para ganhar do São Caetano. Quem sabe o Botafogo pode fazer alguma surpresa, apesar de ser difícil porque o Palmeiras é forte em casa. Mas vamos procurar fazer nosso papel", acrescentou.

O São Paulo é o segundo colocado no Estadual, com 39 pontos, enquanto o Palmeiras tem 41. Assim, o atacante Dagoberto explicou que a meta do elenco tricolor no domingo é conquistar o resultado positivo para depois analisar o placar do rival.

"Temos mais um jogo e o objetivo é esse (assumir a ponta). Podemos chegar à liderança se o Palmeiras empatar e nós ganharmos. Vamos fazer nossa parte e depois veremos o que vai acontecer", concluiu.

Fonte: Gazeta Press

compartilhe

publicidade
publicidade