0

No retorno de Marcos, Palmeiras confirma boa fase e iguala líder Santos

27 jan 2011
23h42
atualizado em 28/1/2011 às 00h52

Após uma estreia preocupante no Campeonato Paulista, com um 0 a 0 diante do Botafogo-SP, o Palmeiras parece mesmo ter engrenado na competição. Na noite desta quinta-feira, que também marcou o retorno do goleiro Marcos, após quatro meses e meio sem disputar uma partida oficial, o time de Luiz Felipe Scolari derrotou sem dificuldades o Paulista de Jundiaí por 3 a 1, e, com dez pontos, passou a dividir a liderança da tabela com o Santos - o time alvinegro leva vantagem no saldo de gols. Já o Paulista, após seu primeiro revés, parou nos sete pontos, mas segue entre os oito melhores.

Os dois primeiros gols foram marcados ainda no primeiro tempo, pelos principais jogadores da equipe. Aos 19min, Marcos Assunção, na sua especialidade, cobrou falta no canto do goleiro Cristiano. E aos 44min, Kleber, após bela troca de passes, fez um belo gol com a perna esquerda. Já na segunda etapa, em outra bela finalização, o jovem Patrick fez a contagem palmeirense, aos 19min. Aos 35min do segundo, Mauricio Ramos fez uma lambança e, contra, anotou o tento de honra dos visitantes.

Na próxima rodada, o Palmeiras visita a Portuguesa no Canindé, às 17h (de Brasília) de domingo. E o Paulista também tem confronto fora de casa, contra o Linense, no Gilberto Siqueira Lopes, às 19h30 do mesmo dia.

O Jogo:

O Palmeiras iniciou o duelo disposto a vencer sua terceira partida consecutiva no Estadual. Com menos de 1min, Luan recebeu passe de Marcos Assunção e, da entrada da área, bateu com perigo para a esquerda do gol adversário.

O jogo permaneceu sem chances para ambos os lados, até que, aos 12min, o goleiro Marcos teve seu primeiro teste, após sua volta aos gramados. Fábio Gomes viu o ídolo palmeirense adiantado e, de muito longe, tentou marcar de cobertura. Marcos, com muita categoria, dominou a bola no peito, para delírio das arquibancadas.

Ainda sem grandes oportunidades, o Palmeiras insistia com as jogadas pela ponta esquerda, explorando Luan. Mas, aos 19min, o time alviverde usou o que talvez tenha sido sua principal arma na temporada passada: as cobranças de falta de Marcos Assunção. Com a técnica peculiar, o volante bateu sobre a barreira e no canto do goleiro Cristiano, que chegou a encostar na bola, mas nada mais pôde fazer.

Aos 35min, o autor do gol Marcos Assunção sentiu uma fisgada na virilha e teve de deixar o campo, para a entrada de João Vitor.

Sem a bola parada do volante, o Palmeiras apostou em outro destaque do time. Ainda antes do intervalo, aos 44min, Kleber recebeu de Rivaldo dentro da área, após bela troca de passes, dominou de direita e, com muita velocidade, pegou a bola ainda no ar para marcar um belo gol de esquerda.

Com o domínio da partida, o Palmeiras voltou para a segunda etapa mais tranquilo, sem sofrer sustos, mas também sem criar grandes chances. Aos 19min, porém, Patrick, que havia entrado no lugar de Dinei aos 12min, acertou lindo chute da entrada da área, sem chances para Cristiano.

Com o placar praticamente definido, o time de Felipão administrou o resultado, até que, aos 35min, o zagueiro Maurício Ramos falhou feio e cortou a bola para dentro do próprio gol. Mesmo com o lance bisonho, a tranquilidade permaneceu pelos lados alviverdes até o final do confronto.

Ficha Técnica:

Palmeiras 3 x 1 Paulista de Jundiaí

Gols

Palmeiras:
Marcos Assunção, aos 19min, Kleber, aos 43min do primeiro tempo; Patrick, aos 19min do segundo tempo
Paulista:
Maurício Ramos (contra), aos 35min do segundo tempo

Palmeiras: Marcos; Cicinho, Maurício Ramos, Danilo e Rivaldo; Márcio Araújo, Marcos Assunção (João Vitor), Tinga (Vitor) e Luan; Kleber e Dinei (Patrick). Técnico: Luiz Felipe Scolari

Paulista: Cristiano; Eli Sabiá, João Paulo e Cléber (Fabiano); Bruno Formigoni, Fábio Gomes, Baiano (Felipe Pinto), Rone Dias e Marquinhos; Barboza (Carlão) e Hernane. Técnico: Fernando Diniz

Cartões amarelos
Palmeiras: Kleber
Paulista: Baiano e Bruno Formigoni

Árbitro
Vinicius Furlan

Renda e público
R$ 190.452,00/6.353 pagantes

Local
Pacaembu, São Paulo (SP)

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade