0

Novorizontino aposta em parceria e veterano para voltar a brilhar

5 mai 2012
07h47
atualizado às 16h55
Emanuel Colombari
Direto de São Paulo

A cidade de Novo Horizonte está de volta ao mapa do futebol de São Paulo. A partir deste fim de semana, o Novorizontino disputa a Segunda Divisão do Campeonato Paulista - que, a rigor, é o quarto degrau do torneio. Mas antes que o vice-campeão estadual de 1990 volte às manchetes, é bom ir com calma: o clube de 2012 não é o mesmo que conquistou a Série C do Campeonato Brasileiro de 1994. Trata-se, na verdade, de um quase homônimo, mas igualmente querido pela população local.

» Escolha os melhores e monte a seleção do Campeonato Paulista 2012
» Confira como está o mercado da bola no futebol brasileiro

Fundado em 2001, o Grêmio Novorizontino se filiou à Federação Paulista de Futebol em 2010, com planos de disputar a Segunda Divisão do Paulista e a Copa São Paulo de futebol júnior em 2011. A disputa do primeiro foi adiada para 2012, enquanto o segundo está engavetado, ainda que o novo clube cuide com carinho de suas categorias de base. Sem o Grêmio Esportivo Novorizontino, o que fez sucesso na década de 90 e que pertence hoje à família Chedid, a cidade espera colher os mesmo frutos com o Grêmio Novorizontino.

"Em 2011, o que aconteceu é que não tinham sido feitas todas as adequações no estádio (Estádio Jorge Ismael de Biase) pra colocar a equipe profissional. Temos um estádio grande, e o Novorizontino sempre foi um time muito organizado", explicou Genílson da Rocha Santos, presidente do clube, ao Terra, justificando o adiamento. "Achamos por bem disputar mais um ano com a base para fazer as adequações", completou.

A nova equipe tem as mesmas cores, o mesmo hino e o mesmo estádio que o antigo e mais bem-sucedido xará. O distintivo também é praticamente o mesmo, com alterações discretas. O uniforme, idem. E para repetir os feitos da década de 90, o Novorizontino aposta em um veterano: Alessandro Cambalhota, atacante revelado pelo "antigo" Novorizontino e com passagens por Santos, Corinthians, Porto-POR, Vasco, Fluminense, Cruzeiro e Atlético-MG. Aos 38 anos, o atleta está de volta à cidade onde se destacou e será o único jogador do elenco com mais de 23 anos - o regulamento do torneio proíbe que um time tenha mais de jogadores acima desta idade em campo.

Além de Cambalhota, o Grêmio Novorizontino ainda conta com outros 30 atletas inscritos, segundo divulgado pela Federação Paulista de Futebol no último dia 27. Do elenco, 18 jogadores vieram do Paulínia, clube que disputaria a divisão e com o qual o Grêmio Novorizontino firmou parceira para viabilizar a disputa. O comando do elenco fica por conta do técnico Hélio Sizenando, que substituiu o experiente Walter Zaparolli poucas semanas antes do pontapé inicial do time profissional.

"O Novorizontino ia disputar o Campeonato Paulista, só que não tinha uma equipe profissional. Ano passado, disputamos um campeonato Sub-20. Diante disso, nós fizemos uma proposta junto à diretoria: os ex-atletas da cidade conseguiriam uma quantia de jogadores a custo zero, e os donos do estádio deixaram o estádio em ordem. Aconteceu que a equipe do Paulínia viu que não poderia disputar, porque não tinha o estádio", explicou Genílson. "Então, formou-se uma parceria nesse sentido. Acharam interessante usar uma camisa como a do Novorizontino para colocar as atletas deles em evidência, e o Novorizontino tem uma equipe formada".

A estreia novorizontina na Segunda Divisão do Paulista acontece neste domingo, fora de casa, diante do José Bonifácio - o duelo é válido pelo Grupo 2. Depois, recebe o Olímpia e a tradicional Matonense, antes de encarar Jaboticabal (fora de casa) e Taquaritinga (em casa). No returno, invertem-se os mandos. Se o sucesso esperado vier, o Grêmio Novorizontino, os planos de disputar a Copa São Paulo estarão de volta.

"Isso vai ganhar bem mais força neste ano. Vamos, sim, pleitear a disputa, provavelmente tentaremos ser uma sede. Apresentaremos nossa ideia ao presidente da Federação", explicou Genilson, apostando no carisma da equipe aurinegra. "O Novorizontino é uma equipe querida. Mesmo com esse tempo parado, não perdeu o carinho na cidade, ou do torcedor de São Paulo", emendou.

Campeonato Paulista - Série A2
O Terra, maior empresa de Internet da América Latina, exibe ao vivo os jogos da Série A2 do Campeonato Paulista, uma das mais respeitadas e tradicionais competições do País. As partidas são narradas por Marcelo do Ó e comentadas por Ary Pereira Junior e Bruno Prado. Os internautas podem conferir tabelas, classificação e notícias do torneio, além de participar das transmissões por meio de comentários e mensagens via redes sociais.

Novo timo de Novo Horizonte conta com Alessandro Cambalhota e jogadores do Paulínia
Novo timo de Novo Horizonte conta com Alessandro Cambalhota e jogadores do Paulínia
Foto: Dinaldo Ferreira / Divulgação
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade