0

"Ô, gordito filho da mãe", brinca Luxemburgo

9 mar 2009
14h50
atualizado às 15h16

Um dia depois de ficar muito irritado com o gol de Ronaldo aos 47min do segundo tempo, Vanderlei Luxemburgo se mostrou descontraído no programa Arena Sportv. Brincalhão, ele disse ter ficado feliz pelo jogador.

» Fisioterapeuta prevê Ronaldo em forma em abril
» Veja as últimas do Corinthians
» Veja as últimas do Palmeiras

"Quer saber minha reação? Ô, gordito filho da mãe. Na hora você fica bravo. Depois você volta pra casa e pelo Ronaldo, pela relação que eu tenho com ele, eu acabei ficando feliz. A gente até brinca um com o outro", disse Luxemburgo.

Logo que o jogo terminou a reação do treinador ainda era de indignação, principalmente com a arbitragem, pelo empate e pelo gol sofrido nos acréscimos. Segundo a súmula do árbitro Cleber Wellington Abade, Luxemburgo chegou a acusá-lo de ser um covarde.

Mais calmo, o técnico reconheceu a qualidade de Ronaldo e disse que ele tem condições de jogar a Copa do Mundo de 2010.

"Gordo é perigoso, magro é impossível. Ele é diferente, a carreira dele mostra que ele é diferente. Ele tem um brio que é característica de jogador diferente. Se ele quiser colocar a Copa do Mundo como objetivo, o pessoal vai ter que ficar atento, porque se ele quiser, ele vai", disse.

Para Luxemburgo, Ronaldo precisa ser motivado. "Alguém tem que injetar alguma coisa, mostrando pra ele, que ele pode. Se alguém injetar e ele descobrir que essa Copa do Mundo é a última de todas, aí vai ficar complicado", afirmou.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade