PUBLICIDADE

"Quem reprova o Cristian nunca fez um gol na vida", diz Mano

17 abr 2009 - 12h11
(atualizado às 17h30)
Publicidade

A polêmica comemoração de Cristian no clássico do último domingo, contra o São Paulo, ainda rende comentários no Corinthians. O volante prestará depoimento ao TJD nesta sexta-feira e, antes disso, foi defendido mais uma vez pelo técnico alvinegro Mano Menezes, que citou o palmeirense Keirrison para "absolver" seu comandado.

» Veja as fotos do treino
» Para preparador, Ronaldo "vai explodir"
» Corintianos esgotam ingressos em três horas
» Compare os desempenhos de Ronaldo, Keirrison, Kléber Pereira e Washington no Paulista
» Quiz: você sabe tudo sobre São Paulo x Corinthians?

Mano usou como exemplo a comemoração de Keirrison na vitória por 4 a 1 sobre o Santos, em fevereiro, quando o palmeirense fingiu atirar em direção à torcida. "Quem reprova o Cristian nunca fez um gol na vida", disse Mano sobre o volante, que ergueu os dois dedos médios em direção à torcida são-paulina após definir o triunfo por 2 a 1 no último domingo, no Pacaembu.

"Se falou tanto disso que acabou se analisando pouco a partida", afirmou Mano Menezes, "Fazer um gol em um clássico é especial, aos 47min então, nem se fala", completou o técnico corintiano, que não corre o risco de perder Cristian para o jogo de volta da semifinal - uma eventual punição ao jogador não poderia ser aplicada já nas semifinais do Estadual.

Fonte: Terra
Publicidade