4 eventos ao vivo

Torcida presta apoio em faixa, mas mantém "pé atrás" com Adriano

24 abr 2011
07h22
atualizado às 15h09
Eduardo Carneiro
Direto de São Paulo

A torcida do Corinthians prestou uma homenagem a Adriano neste sábado, na partida contra o Oeste. Sensibilizados com a lesão que o atacante sofreu (rompimento do tendão, que o afastará dos gramados por mais cinco meses), torcedores estenderam em frente ao tobogã do Pacaembu uma faixa com os dizeres "Força Adriano. O Timão é superação".

A frase, no entanto, está longe de significar a opinião geral dos corintianos. Muitos torcedores ouvidos pelo Terra durante a partida válida pelas quartas de final do Campeonato Paulista e vencida pelos donos da casa por 2 a 1 adotaram um tom de cobrança quando questionados sobre a expectativa em relação ao jogador após a grave lesão.

"Ele tem que colocar a cabeça no lugar e trabalhar para retomar a carreira. Tenho dois pés atrás com o Adriano, ele não tem nenhuma identificação com a torcida. Vai ter que bater a cabeça na trave para conquistar essa torcida", disse o corintiano Fabrício, 32 anos. "Ele teve várias chances e desperdiçou. Precisa tomar um rumo".

Outro torcedor, que até pediu para não se identificar, foi além: classificou o atacante como "um mau exemplo para as crianças" e afirmou que, por ele, o jogador ficaria machucado por "mais cinco ou seis meses".

Por outro lado, Valdir, 42 anos, é só otimismo com o badalado reforço corintiano, o que comprova a "divisão" na torcida. "A expectativa é a melhor possível. Ele quer jogar a Copa do Mundo de 2014 e vai voltar com tudo", apostou.

Operado na última quarta-feira, Adriano já recebeu alta hospitalar e terá um longo caminho até estrear com a camisa alvinegra. Antes previsto para 22 de maio, data de abertura do Campeonato Brasileiro, o primeiro jogo do atacante pelo novo clube deve ficar para o final de setembro.

Fonte: Terra
publicidade