Fale conosco

 Notícias por e-mail
Paulista
Terça, 1 de março de 2005, 13h12 
Daniel Passarella é o novo técnico do Corinthians
 
Wanderley Nogueira
Especial para o Terra
 
AP
Passarella treinou as seleções argentina e uruguaia
Passarella treinou as seleções argentina e uruguaia
Enquete
A demissão de Tite no Corinthians foi justa?
Sim
Não

Fórum
» Opine: Passarella é o nome ideal para o Corinthians?
 Últimas de Paulista
» Finazzi cobra atrasados do América (SP)
» Julgamento do Botafogo-SP é adiado
» Francana perde e é rebaixada para a Série A-3
» Juventus goleia Matonense por 8 a 1 na Série A2
O Corinthians acertou na manhã desta terça-feira a contratação do técnico Daniel Passarella. O argentino chega ao Parque São Jorge para substituir Tite, demitido ontem após desentendimentos com o presidente do parceiro MSI, Kia Joorabchian, e por causa de resultados negativos.

Opine: Passarella é o nome ideal?

A expectativa é que Passarella chegue ao Brasil ainda hoje e seja logo apresentado para dar seqüência à preparação da equipe na Copa do Brasil. O foco, entretanto, será o projeto para o Campeonato Brasileiro, que começa em abril.

O acerto com Passarella tornou-se mais fácil porque o argentino já era uma espécie de consultor do MSI em Buenos Aires. Além disso, o treinador não estava no comando de nenhuma equipe e queria voltar à ativa após viver um drama com a morte de seu pai, Vicente.

Legião argentina

Com a contratação de Passarella pelo Corinthians, o time de Parque São Jorge já pode se considerar uma filial da seleção argentina.

O primeiro a chegar foi o atacante Carlos Tevez. Contratado pelo MSI por US$ 19,5 milhões, em novembro, ele desembarcou no Brasil somente em janeiro.

No mesmo dia em que Tevez foi apresentado oficialmente, o zagueiro Sebastían Dominguez também foi confirmado pelo Corinthians. O defensor foi comprado do Newell's Old Boys por US$ 3 milhões.

Quando a fixação de Kia Joorabchian pelo futebol argentino já era notória, o MSI adquiriu o volante Javier Mascherano, do River Plate, por US$ 15 milhões. O jovem atleta tem passagem, assim como Tevez, pelas seleções de base e profissional da Argentina e chega com status de ídolo.

Com a contratação de Passarela, o Corinthians conta com um ex-técnico da seleção argentina no banco, um volante titular no meio-campo e um atacante na linha de frente.

Além da legião de argentinos, o MSI contratou Marcelo Mattos, Marinho, Hugo, Carlos Alberto, Roger e Gustavo Nery.

Perfil

Como jogador, Passarela iniciou sua carreira no River Plate, onde disputou 298 partidas, fez 99 gols e conquistou sete títulos. Além do time argentino, também jogou no futebol italiano, por Parma e Inter de Milão. Com a seleção argentina, foi campeão do mundo em 1978 e 1986.

Quando parou de jogar, virou treinador e iniciou a nova carreira em seu time de coração, o River Plate. Após ter conquistado sete títulos como jogador, Passarela foi campeão mais três vezes como comandante no time portenho.

Ainda passou pela seleção argentina, na qual foi treinador na Copa do Mundo de 1998, pela seleção do Paraguai, Parma (ITA), Monterrey e Toluca (MEX).


 

Redação Terra