Fale conosco

 Notícias por e-mail
Carioca
Domingo, 6 de março de 2005, 20h00 
Botafogo arranca empate heróico no final
 
Agência Lance
Botafogo, de Alex Alves, chega ao empate nos acréscimos
Botafogo, de Alex Alves, chega ao empate nos acréscimos
Galeria de fotos
» Flamengo e Botafogo empatam clássico
Multimídia
Áudio e vídeo
» Carioca 2005: Flamengo 2 x 2 Botafogo
 Últimas de Carioca
» RJ: polícia eleva rigor em estádios e ameaça organizadas
» CFZ vence e time de Zinho só empata no Rio
» Zinho marca em sua estréia pelo Nova Iguaçu
» Zinho estréia no Nova Iguaçu neste sábado
Em um jogo emocionante, cheio de alternativas, o Botafogo empatou por 2 a 2 com o Flamengo no Maracanã e assumiu a liderança da chave.

Assista aos melhores momentos do jogo
Veja fotos da rodada

Aos 47min, após um bate-rebate na área, o meia Ramón marcou o gol heróico que levou o alvinegro carioca ao empate.

O Botafogo, com o empate, chegou a sete pontos, e, ao lado do Volta Redonda, é o líder do grupo C.

O time da Gávea agora é o segundo colocado do grupo D, com quatro pontos, ao lado do Americano.

Além do gol de Ramón, o Botafogo marcou com Túlio, aos 28min da etapa inicial. Os gols do Flamengo foram marcados por Émerson, aos 33min da primeira etapa, e Renato, aos 35min da etapa final.

O jogo

O Botafogo começou dominando a partida. Enquanto isso, o Flamengo não conseguia passar pela defesa adversária. O alvinegro carioca levava muito perigo nos contra-ataques.

Aos 27min, o Botafogo abriu o placar. Após cobrança de escanteio, Alex Alves recebeu no segundo trave e chutou no travessão. No rebote, Guilherme cabeceou e a zaga salvou em cima da linha. A bola rolou para fora da área e Túlio emendou uma bomba de fora da área, no ângulo esquerdo de Diego.

O clube de General Severiano teve uma chance de ouro de ampliar o placar logo em seguida. Em contra-ataque rápido, Rogério Souza foi lançado pelo meio sem marcação. Porém, Diego saiu do gol e tirou a bola dos pés do lateral, sem fazer falta.

Aos 34min, o Flamengo surpreendeu e empatou o jogo. Num cruzamento de Renato pela esquerda, Émerson se antecipou a Scheidt e testou para o gol.

O segundo tempo começou agitado, com quase uma chance por minuto. Marcos Denner deu três chutes perigosos, forçando Jefferson a defesas importantes. Do outro lado, Ricardinho e César Prates levavam perigo para a meta de Diego.

O Botafogo tinha maior posse de bola e praticamente dominava o jogo, mas não conseguia criar grandes oportunidades. Cuca se irritou com a má pontaria de Marcos Denner e com a apatia de Caio em campo e colocou Dimba e Fellype Gabriel em seus lugares.

As mudanças surtiram efeito: em seu primeiro lance, aos 25min, Fellype tabelou com Júnior e passou para Dimba, na entrada da área, que deixou a bola com Renato, na esquerda. O meia chutou cruzado, no canto esquerdo de Jefferson, virando o placar para o rubro-negro carioca.

Após o gol, o Botafogo passou a pressionar o adversário até o fim. No último minuto de jogo, numa jogada pela esquerda, Alex Alves brigou pela bola com a zaga dentro da área, mas a bola sobrou para Ramon, que chutou com força e empatou o jogo.

Ficha Técnica
Flamengo 2 x 2 Botafogo
Equipes

Diego
Ricardo Lopes
Fabiano
Rodrigo
André Santos
Jonatas
Júnior
(Rômulo)
Emerson
Renato
Marcos Dener (Dimba)
Caio
(Fellype Gabriel)

Técnico:
Cuca

Jéfferson
Rogério Souza
Rafael Marques
Scheidt
César Prates
Túlio
Leandro Carvalho (Daniel)
Ramón
Alex Alves
Ricardinho
(Almir)
Guilherme
(Caio)

Técnico:
Paulo Bonamigo

Gols

33min - 1º tempo
Emerson
25min - 2º tempo
Renato

28min - 1º tempo
Túlio
46min - 2º tempo
Ramon
Cartões Amarelos
André Santos
Fabiano
Renato
Caio
Leandro Carvalho
Daniel
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro
Árbitro: Edilson Soares da Silva

 
Redação Terra