Fale conosco

 Notícias por e-mail
Carioca
Sábado, 19 de março de 2005, 21h54  Atualizada às 21h40
Jefferson, do Botafogo, já pensa em Seleção
 
 Últimas de Carioca
» RJ: polícia eleva rigor em estádios e ameaça organizadas
» CFZ vence e time de Zinho só empata no Rio
» Zinho marca em sua estréia pelo Nova Iguaçu
» Zinho estréia no Nova Iguaçu neste sábado
Destaque da vitória de 2 a 1 do Botafogo sobre o Madureira, o goleiro Jefferson exibia um grande sorriso ao conceder as entrevistas no vestiário, após o jogo.

Autor de pelo menos duas defesas salvadoras, o goleiro ainda pegou um pênalti batido por Sorato quando a partida ainda estava empatada.

Comp está cada vez se destacando mais, Jefferson já passa a sonhar com uma chance na Seleção Brasileira.

"Estou vivendo um bom momento e temos que aproveitar isso. Quem sabe o professor Parreira não fica de olho?", disse.

Jefferson lembrou que o pênalti defendido foi o seu segundo na competição. Segundo ele, as instruções do preparador de goleiros Acácio vêm sendo fundamentais para o seu crescimento. Contra o Fluminense, há uma semana, ele havia pegado a cobrança batida por Juninho.

Jogadores do Botafogo aliviados com a vitória

Após a suada vitória de 2 a 1 sobre o Madureira, os jogadores do Botafogo saíram de campo com a sensação de que o dever havia sido cumprido.

O atacante Guilherme viu a sorte sorrir para o alvinegro carioca nos dois gols da partida e classificou o resultado como "dramático".

Caso o Botafogo apenas empatasse, ficaria em situação muito complicada, atrás da Portuguesa, que venceu o Americano e está com nove pontos, e do líder Volta Redonda.

No primeiro gol, Paulo César marcou contra e, no segundo, o próprio Guilherme desviou o a bola de canela. Já o técnico Bonamigo ficou bastante satisfeito com a vitória.

"Vencer aqui em Conselheiro Galvão é sempre muito difícil. O time teve altos e baixos e levou o gol em uma jogada de bola parada, quando não estava mal na partida", afirmou.

O treinador também admitiu que ainda existem alguns resquícios da goleada sofrida para o Fluminense, há uma semana.

"Nós temos em cada jogo a chance de mostrar que o que aconteceu com o Fluminense foi uma situação atípica", disse.

Com o bom resultado, a equipe passa a torcer por um tropeço do Vasco no clássico contra o Flamengo, para só depender de si para se classificar à semifinais da Taça Rio.

O elenco folga neste domingo e se reapresenta no domingo, visando à partida contra a Cabofriense, quarta-feira, em local e horário a serem definidos.
 

Lancepress!