Fale conosco

 Notícias por e-mail
Mineiro
Domingo, 17 de abril de 2005, 17h57  Atualizada às 22h56
Ipatinga surpreende Cruzeiro e fica com título
 
Reuters
Jogadores do Ipatinga comemoram título inédito
Jogadores do Ipatinga comemoram título inédito
Sites relacionados
No terra
» Baixe pôster e cartão dos campeões
Multimídia
Áudio e vídeo
» Maracanã explode com título do Fluminense
» Atacante sai do banco e dá tetra para o Inter
» Atlético vence Coritiba nos pênaltis e fica com o título
» Ipatinga cala o Mineirão e fica com o título
Saiba mais
» Grandes repelem as zebras nas finais dos Estaduais
» Fluminense vence nos acréscimos e é campeão
» Na prorrogação, Inter conquista o tetracampeonato
» Atlético-PR vence nos pênaltis e é campeão
» Ipatinga surpreende Cruzeiro e fica com título
» Vitória conquista o tetracampeonato baiano
» Criciúma vence Ibirama e conquista o Catarinense
» Nos pênaltis, Vila Nova quebra jejum no Goiano
» Fortaleza bate Icasa na prorrogação e é campeão
» Brasiliense goleia Gama e é bicampeão no DF
» Campeão, São Paulo encerra campanha com vitória
» Reservas de Passarella garantem vice-campeonato
» Time misto do Palmeiras empata com Guarani
» Reservas do Santos empatam em Marília
 Últimas de Mineiro
» Ipatinga e América decidem vaga na final do Mineiro
» Amaral se recupera e deve jogar a estréia
» Sem jogos oficiais, América-MG disputa amistoso
» Destaque do sub-17 pode reforçar o Atlético-MG
Considerado favorito ao título mineiro, o Cruzeiro decepcionou seus torcedores na decisão do Estadual, no Mineirão. O Ipatinga, time que conta com vários jogadores emprestados do rival deste domingo, venceu por 2 a 1 e levantou a taça.

Assista aos melhores lances
Veja fotos dos Estaduais
Baixe pôster e cartão do Ipatinga

Com melhor campanha durante o campeonato, a equipe do técnico Levir Culpi precisava de um empate para ser campeão, pois no jogo de ida, em Ipatinga, o resultado havia sido de 1 a 1.

O Ipatinga surpreendeu no início e com 15 minutos de jogo já vencia por 2 a 0. Aos 5min, Léo Medeiros recebeu na direita, bateu rasteiro e a bola enganou o goleiro Fábio antes de entrar.

Dez minutos depois, Léo cobrou escanteio e Willian ampliou o placar.

O técnico Levir Culpi sacou o volante Diogo e pôs em campo o atacante Jean ainda no primeiro tempo.

A pressão do Cruzeiro só surtiu efeito aos 34min da etapa final. Fred recebeu de Athirson e descontou.

O Ipatinga agüentou a pressão cruzeirense nos minutos finais para ser campeão mineiro pela primeira vez em sua história.

Jogo

Composto por inúmeros jogadores emprestados pelo Cruzeiro, em apenas cinco minutos, o time do Vale do Aço marcou o primeiro gol.

Léo Medeiros ajeitou a bola na entrada da área e chutou no canto direito do gol. A bola ainda bateu na trave superior antes de entrar e alterar o placar da partida.

Depois do gol, o Cruzeiro se desestabilizou e começou a errar seguidos passes. Com isso o Ipatinga dominou a partida e precisou apenas de mais dez minutos para voltar a balançar as redes.

Aos 15min, Léo Medeiros bateu escanteio, Irineu desviou com a cabeça, e bola sobrou para William empurrar para o gol.

Com apenas dois lances de perigo em bola parada no primeiro tempo, o Cruzeiro não representou perigo para o time do Vale do Aço.

No segundo tempo, o Cruzeiro até começou melhor. Aos 18min, Lopes cruzou para Fred, na marca do pênalti, pegar de primeira e chutar. Rodrigo Posso, atento, evitou o primeiro gol.

Deseperado para fazer dois gols em cima de um time que faz uma forte marcação e que joga bem, os jogadores do Cruzeiro começaram cometer muitas faltas. Com isso, aos 32min, Ruy foi expulso por causa de um carrinho em cima de Kanu.

Mesmo com dez jogadores, o Cruzeiro conseguiu fazer seu primeiro gol. Athirson enfiou bola para Fred, que chutou por baixo e marcou.

Sabendo que um empate podia devolver o título para o Cruzeiro, o time começou a atacar mais, mas não conseguiu passar pela zaga do Vale do Aço.

Sem conseguir marcar, resta ao Cruzeiro comemorar a artilharia de Fred, com 13 gols, ou então o primeiro título mineiro da equipe B do time celeste.

Com apenas sete anos de criação, o Ipatinga conquista o título mineiro de 2005, além de conquistar também o título de melhor ataque do Estadual, com 31 gols.

Como prêmio pela excelente campanha, os jogadores do Ipatinga devem dividir um bicho de R$100 mil, como havia prometido o presidente do clube, Itair Machado.

Com Lancepress!

Ficha Técnica
Cruzeiro 1 x 2 Ipatinga
Equipes

Fábio
Ruy
Edu Dracena (Patrick)
Marcelo Batatais
Athirson
Maldonado
Diogo
(Jean)
Marabá
Kelly
(Adriano)
Lopes
Fred



Técnico:
Levir Culpi

Rodrigo Posso
Luizinho
(Léo Silva)
Willian
Irineu
Beto
Fahel
(Mancuso)
Paulinho
Leandro
Léo Medeiros
Walter
Kanu


Técnico:
Nei Franco

Gols

34min - 2º tempo
Fred

5min - 1º tempo
William
13min - 1º tempo
Léo Medeiros

Cartões Amarelos
Athirson
Maldonado
Marabá
Beto
Léo Medeiros
Cartão vermelho
  Ruy
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte
Árbitro: Alício Pena Junior

 
Redação Terra