Fale conosco

 Notícias por e-mail
Paranaense
Domingo, 17 de abril de 2005, 18h51  Atualizada às 22h57
Atlético-PR vence nos pênaltis e é campeão
 
Sites relacionados
No terra
» Baixe pôster e cartão dos campeões
Multimídia
Áudio e vídeo
» Maracanã explode com título do Fluminense
» Atacante sai do banco e dá tetra para o Inter
» Atlético vence Coritiba nos pênaltis e fica com o título
» Ipatinga cala o Mineirão e fica com o título
Saiba mais
» Grandes repelem as zebras nas finais dos Estaduais
» Fluminense vence nos acréscimos e é campeão
» Na prorrogação, Inter conquista o tetracampeonato
» Atlético-PR vence nos pênaltis e é campeão
» Ipatinga surpreende Cruzeiro e fica com título
» Vitória conquista o tetracampeonato baiano
» Criciúma vence Ibirama e conquista o Catarinense
» Nos pênaltis, Vila Nova quebra jejum no Goiano
» Fortaleza bate Icasa na prorrogação e é campeão
» Brasiliense goleia Gama e é bicampeão no DF
» Campeão, São Paulo encerra campanha com vitória
» Reservas de Passarella garantem vice-campeonato
» Time misto do Palmeiras empata com Guarani
» Reservas do Santos empatam em Marília
 Últimas de Paranaense
» Final do Paranaense pára no TJD
» Torcedor do Atlético-PR morre em comemorações
» Paraná anuncia meia do Ituano
» Goleiro do Coritiba nega destruição de vestiário
O Atlético-PR quebrou neste domingo o domínio do Coritiba no Campeonato Estadual. No estádio da Arena, o time rubro-negro venceu no tempo normal por 1 a 0 e foi campeão após vencer nos pênaltis por 4 a 2, depois de empatar por 0 a 0 na prorrogação.

Assista aos melhores lances
Baixe pôster e cartão do Atlético-PR

O gol da vitória do Atlético-PR, no tempo regulamentar, foi marcado aos 19min do segundo tempo por Denis Marques, após aproveitar passe do companheiro Lima.

O clássico foi marcado pelo nervosismo. Os jogadores Aloísio, do Atlético-PR, e Miranda, do Coritiba, foram expulsos ainda na primeira etapa pelo árbitro Henrique França Triches após discutirem em campo.

Na prorrogação, a partida continuou nervosa e equilibrada, mas o Coritiba teve as melhores chances para decidir a partida. Com o empate no tempo extra, o título foi decidido nas cobranças de pênaltis.

Nas penalidades, o Coritiba perdeu a chance do tricampeonato após Capixaba e Reginaldo Nascimento desperdiçarem as suas batidas. Lima fechou a série para os atleticanos.

Esse foi o 20º título paranaense do Atlético-PR. A equipe rubro-negra não levantava a taça desde 2001.

Ficha Técnica
Atlético 1 (4) x 0 (2) Coritiba
Equipes

Diego
Danilo
Baloy
Marcão
Etto
(Maciel)
Alan Bahia
Fabrício
Fernandinho
(Lima)
Ticão
(Rodrigo Souto)
Aloísio
Dênis Marques




Técnico:
Edinho

Fernando
Rafinha
Miranda
Reginaldo Nascimento
Rubens Júnior (Negreiros)
Márcio Egídio
Capixaba
Pepo
(Jackson)
Rodrigo Batatinha
Marciano
(Flávio)
Nunes



Técnico:
Antônio Lopes

Gols

19min - 2º tempo
Dênis Marques

 

Cartões Amarelos
Baloy
Marcão
Ticão
Rodrigo Souto
R. Nascimento
Rubens Jr.
Pepo
Rodrigo Batatinha
Flávio
Cartão vermelho
Aloísio Miranda
Local: Estádio Arena da Baixada, em Curitiba
Árbitro: Henrique França Triches

 
Redação Terra