Fale conosco

 Notícias por e-mail
Carioca
Domingo, 17 de abril de 2005, 19h38  Atualizada às 20h22
Herói do Flu rebate provocações de Túlio
 
 Últimas de Carioca
» RJ: polícia eleva rigor em estádios e ameaça organizadas
» CFZ vence e time de Zinho só empata no Rio
» Zinho marca em sua estréia pelo Nova Iguaçu
» Zinho estréia no Nova Iguaçu neste sábado
O zagueiro Antônio Carlos, autor do gol do título do Fluminense, foi mais um dos jogadores a não se esquecer do atacante Túlio, do Volta Redonda, após a conquista do Campeonato Carioca.

"Agora o Túlio vai ter bastante tempo para ficar com a mulher dele, porque não tem o que comemorar", declarou o zagueiro.

Durante a semana que antecedeu a final, Túlio fez suas tradicionais provocações, prometendo título e gol para a torcida do Volta Redonda.

"O Túlio deu muita motivação para o nosso time, dizendo que o título já era deles. Agora não pode falar nada, em campo é que se ganha", disse o zagueiro tricolor.

Sobre o lance do gol do título, Antônio Carlos explicou a jogada.

"Está todo mundo falando que o gol foi de ombro, mas foi de cabeça mesmo. Não foi aquela cabeçada consciente, mas o importante é que foi gol", concluiu.

Abel

Assim que o jogo terminou e o Fluminense garantiu o título, o técnico Abel Braga desceu correndo para o vestiário e logo em seguida foi para casa.

Ao explicar por que não daria entrevistas após a partida, Abel disse apenas uma frase.

"Vou embora porque se não eu vou falar muita besteira", disse aos repórteres, evitando desabafar.
 

Lancepress!