Fale conosco

 Notícias por e-mail
Gaúcho
Domingo, 17 de abril de 2005, 23h53 
Jogadores do Grêmio se irritam com título do Inter
 
Alexandre Praetzel
Especial para o Terra
 
Sites relacionados
No terra
» Baixe pôster e cartão dos campeões
Multimídia
Áudio e vídeo
» Maracanã explode com título do Fluminense
» Atacante sai do banco e dá tetra para o Inter
» Atlético vence Coritiba nos pênaltis e fica com o título
» Ipatinga cala o Mineirão e fica com o título
Saiba mais
» Grandes repelem as zebras nas finais dos Estaduais
» Fluminense vence nos acréscimos e é campeão
» Na prorrogação, Inter conquista o tetracampeonato
» Atlético-PR vence nos pênaltis e é campeão
» Ipatinga surpreende Cruzeiro e fica com título
» Vitória conquista o tetracampeonato baiano
» Criciúma vence Ibirama e conquista o Catarinense
» Nos pênaltis, Vila Nova quebra jejum no Goiano
» Fortaleza bate Icasa na prorrogação e é campeão
» Brasiliense goleia Gama e é bicampeão no DF
» Campeão, São Paulo encerra campanha com vitória
» Reservas de Passarella garantem vice-campeonato
» Time misto do Palmeiras empata com Guarani
» Reservas do Santos empatam em Marília
 Últimas de Gaúcho
» Somália é multado no Grêmio por indisciplina
» Inter contrata volante do 15 de Novembro
» Inter quer contratar destaque do 15 de Novembro
» Terceiro goleiro segue como titular do Inter
Sem conquistar o título estadual desde 2001, os jogadores do Grêmio tiveram folga no período da tarde em Canela, na serra gaúcha, onde realiza inter-temporada, para acompanhar a final entre Internacional e 15 de Novembro.

Apesar de não confirmarem antes da partida a torcida pelo time de Campo Bom, os atletas do time tricolor ficaram bastante irritados com a vitória do Inter sobre o 15 na prorrogação, conquistando o tetracampeonato.

Os jogadores do Grêmio teriam comemorado os gols do 15 de Novembro no tempo normal, mas teriam gritado e dados socos na parede após os gols do time colorado.

Às vésperas de estrear na Série B, o Grêmio joga nesta quarta-feira contra o Fluminense, no Maracanã, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil.

Para a partida, o técnico Hugo De Leon decidiu barrar o atacante Somália para colocar Samuel como centroavante.
 

Redação Terra