Boletim
Receba as últimas notícias em seu email
Fale Conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!
Paulista
Domingo, 9 de abril de 2006, 17h55  Atualizada às 19h21
Com golaço de Élton, Corinthians empata com Paulista
 
 Últimas de Paulista
» Barueri goleia e leva o título da Série A-2
» Rio Claro e Sertãozinho se classificam para A-1
» Barueri e Guaratinguetá sobem para a A1 do Paulista
» Vice-campeão, São Paulo domina seleção do Paulista
Busca
Busque outras notícias no Terra:
O time misto do Corinthians empatou por 2 a 2 com o Paulista, neste domingo, no estádio do Pacaembu, na última participação do time alvinegro no Estadual. Élton marcou um golaço ao arriscar belo chute de fora da área

Em um jogo de muitos gols, o pequeno público de 2110 pagantes do estádio foi presenteado com uma apresentação de muita movimentação e bom futebol.

O Paulista abriu o placar aos 12 segundos com Nivaldo. O Corinthians só foi marcar seu gol aos 44 minutos, com Akai. Dois minutos depois, o desempate do Paulista, com Neto Baiano.

O segundo tempo, apesar de mais movimentado e com mais chances de gol, teve só uma comemoração, a de Élton, que marcou um golaço e ajudou o time alvinegro a conquistar seu último ponto no campeonato.

O Corinthians começou a partida atrás do placar. O gol relâmpago do zagueiro Nivaldo aos 12 segundos mostrou que os problemas na zaga e embaixo das traves do time do Parque São Jorge não estão restritos ao time principal.

Depois de um chutão da intermediária, Nivaldo apareceu de surpresa na linha da grande área e se beneficiou da saída atrapalhada de Marcelo, que nada achou, e só foi ver a bola morrer no fundo do gol.

Sem um jogador de armação e com três volantes compondo o meio-de-campo, o Corinthians insistia nos cruzamentos para a área adversária. Eduardo e Carlão abusaram do fundamento e erraram todos. Ao Paulista cabia apenas se defender e afastar as bolas alçadas na área.

Sem criatividade no setor, o Corinthians chegou ao gol depois de uma boa roubada de bola de Renato, o melhor jogador corintiano na primeira etapa. A bola sobrou para Rafael Akai que entrou na área e, mesmo com um chute fraco, conseguiu vencer o goleiro Victor e marcar seu primeiro gol pelo time alvinegro.

A felicidade durou pouco já que dois minutos depois, em novo vacilo da zaga, o Paulista fez o segundo gol. Na intermediária, Nivaldo cabeceou para a grande área. Wendel ficou parado, a bola o encobriu e Neto Baiano teve tranqüilidade para ir até a pequena área e fuzilar Marcelo.

No intervalo, o técnico Ademar Braga tirou o volante Bruno Octávio e colocou o meia Élton, corrigindo um dos defeitos de sua equipe. O resultado foi visto logo aos dois minutos, quando ele chutou de fora da área e acertou o ângulo do goleiro do Paulista.

O domínio territorial corintiano da primeira etapa continuou, mas a diferença é que agora contava com um jogador para organizar as jogadas. Com Élton em campo, a equipe da casa chegou mais vezes ao gol, e com mais perigo. Em ambas, com o atacante Akai.

Na primeira, ele se enrolou com a bola, e na segunda acertou em cheio o travessão. Mas não era dia do time misto do Corinthians. Barrado pela boa defesa do Paulista, os atacantes do time alvinegro não conseguiram marcar mais um gol e conquistar sua segunda vitória consecutiva. O time reserva do Corinthians fecha o campeonato com uma vitória, dois empates e uma derrota.

Ficha Técnica
Corinthians 2 x 2 Paulista
Equipes
Marcelo
Eduardo
Wendel
Marquinhos
Carlão
(George)
Bruno Octávio
(Élton )
Xavier
Edson
Renato
Carlinhos
(Marcelo Oliveira)
Akai

Técnico:
Ademar Braga

Victor
Kenta
Nivaldo
Marcus Vinícius
Eduardo
Bosco
Abraão
Diogo
(Wesley Brasília)
Fernandinho
(Paulinho)
Luiz Henrique
Neto Baiano
(Thiago Gama)

Técnico:
Vágner Mancini

Gols

42min - 1° tempo
Akai
2min - 2 ° tempo
Élton

1min - 1° tempo
Nivaldo
44min - 1° tempo
Neto Baiano
Cartões Amarelos
Élton
Renato
Kenta
Nivaldo
Abraão
Luiz Henrique
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Otávio Corrêa Da Silva

 
Redação Terra