Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Domingo, 29 de abril de 2007, 18h04  Atualizada às 23h10

Flamengo arranca empate contra Botafogo

Fernando Soutello/ProFotto/Divulgação

Dodô festeja primeiro gol do empate em 2 a 2 na final carioca
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

Depois de estar perdendo por dois gols, o Flamengo se superou e arrancou o empate por 2 a 2, neste domingo, com o Botafogo, no Maracanã, pela primeira decisão do Campeonato Carioca.

» Flamengo arranca empate
» Veja fotos da partida
» Comente o jogo
» Veja as últimas do Botafogo
» Veja as últimas do Flamengo

Com o resultado, as duas equipes seguem sem vantagem na final da competição. Quem vencer o próximo jogo será campeão. Novo empate leva a decisão para os pênaltis.

No primeiro tempo, o Flamengo até teve chances de marcar, mas não aproveitou e viu o adversário abrir 2 a 0 com gols de Dodô e Lúcio Flávio.

No segundo tempo, porém, Júlio César foi expulso aos 10min ao cometer pênalti em Renato, que cobrou e diminuiu. Depois, o time rubro-negro contou com a falha de Max e o oportunismo de Souza para deixar tudo igual.

Antes do jogo decisivo do Campeonato Carioca, tanto Botafogo quanto Flamengo disputam partidas por outras competições na quarta-feira.

Enquanto o time alvinegro encara o Atlético-MG, em Belo Horizonte, pela Copa do Brasil, os flamenguistas viajam para o Uruguai e enfrentam o Defensor Sporting pela Libertadores.

No primeiros minutos, o equilíbrio no clássico foi predominante. Porém, quem mais teve trabalho foi o goleiro Júlio César, que fez duas defesas difíceis em pouco tempo.

Aos 21min, Renato bateu falta colocada e o botafoguense evitou que a bola entrasse no ângulo. Aos 25min, foi a vez de Júlio César utilizar os pés para brecar o chute de Renato Augusto após jogada individual.

Porém, o Botafogo foi mais eficiente e abriu o placar aos 31min. Zé Roberto fez excelente jogada pela esquerda, levou a bola para a linha de fundo e cruzou rasteiro. Dodô, na segunda trave, apareceu livre para empurrar a bola para as redes.

O gol desestabilizou o Flamengo e o Botafogo não perdoou. Aos 34min, Bruno salvou um chute à queima-roupa de Zé Roberto. Porém, aos 40min, ele não evitou o gol de Lúcio Flávio, que dominou na entrada da área, avançou pelo meio, driblou dois zagueiros e tocou na saída do goleiro.

O Flamengo reagiu no início da etapa final. Aos 10min, Renato, livre, invadiu a área botafoguense e foi derrubado pelo goleiro Júlio César, que recebeu o cartão vermelho. Na cobrança, Renato descontou para o time rubro-negro.

Com um a mais em campo, o Flamengo foi com tudo para cima e conseguiu o empate numa falha de Max, aos 33min. Léo Lima tabelou com Juan e cruzou da esquerda. O goleiro saiu mal, não conseguiu segurar a bola e Souza chutou para o fundo das redes.

Antes do final, Diguinho e Léo Lima se desentederam e foram expulsos, virando assim desfalques para o segundo jogo.

Ficha Técnica
Botafogo 2 x 2 Flamengo
Equipes
Júlio César
Joílson
Alex
Juninho
Luciano Almeida
(Vágner)
Leandro Guerreiro
Túlio
Lúcio Flávio
(Max)
Zé Roberto
Jorge Henrique
(Diguinho)
Dodô

Técnico:
Cuca
Bruno
Moisés
Ronaldo Angelim
(Roni)
Irineu
Leonardo Moura
Paulinho
(Jaílton)
Claiton
(Léo Lima)
Renato
Renato Augusto
Juan
Souza

Técnico:
Ney Franco
Gols
31min - 1° tempo
Dodô
40min - 1° tempo
Lúcio Flávio
17min - 2 ° tempo
Renato
32min - 2° tempo
Souza
Cartões amarelos
Joílson
Luciano Almeida
Vágner
Lúcio Flávio
Jorge Henrique
Paulinho
Souza
Cartões vermelhos
Júlio César
Diguinho
Léo Lima
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: William de Souza Nery
Renda e público: R$ 1.210.050,00 e 46.422 pagantes

Redação Terra