Mineiro

Mineiro

Domingo, 6 de maio de 2007, 17h54  Atualizada às 01h52

Atlético perde, mas é campeão mineiro após 7 anos

Agência Lance

Atlético perdeu, mas conquistou seu 39º Estadual
Enquete

Qual o campeão estadual que entra mais forte no Campeonato Brasileiro?

Atlético-MG
Flamengo
Grêmio
Santos
Sport

Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

O Atlético-MG garantiu neste domingo o título do Campeonato Mineiro mesmo com a derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro, no Mineirão. O time alvinegro se beneficiou da vantagem conquistada no jogo de ida da decisão, quando goleou o rival por 4 a 0, para vencer seu 39º Estadual, o primeiro depois de sete anos.

» Atlético-MG perde, mas conquista Estadual
» Baixe o pôster do campeão
» Envie um cartão do campeão
» Atenda o seu celular ao som do hino do Atlético
» Comente a conquista do Atlético-MG

Precisando vencer por pelo menos quatro gols de diferença para ficar com o título, o Cruzeiro foi com tudo para o ataque e abriu o placar logo aos 8min de jogo. O atacante Guilherme pegou um belo chute de fora da área e acertou o canto direito do goleiro Diego para fazer 1 a 0.

O Cruzeiro chegou ao segundo ainda na etapa inicial com o zagueiro Wellington, de cabeça, aos 42min. No entanto, aos 44min, o time celeste perdeu o outro zagueiro, Luisão, expulso, após o jogador dar um chute em um adversário.

Com um homem a menos no gramado, o time do Cruzeiro caiu sensivelmente de produção na segunda etapa, dando espaço para o Atlético. No entanto, o time alvinegro acabou esbarrando na boa atuação do goleiro Lauro, que impediu o gol atleticano com importantes defesas.

A conquista do Atlético-MG neste domingo é a 39ª em Campeonatos Mineiros, a primeira neste século. A última vez que o time venceu o Estadual foi em 2000.

O Atlético ainda se consolida como o maior campeão de Minas Gerais, abrindo seis títulos de vantagem sobre o grande rival.

Ficha Técnica
Cruzeiro 2 x 0 Atlético-MG
Equipes
Lauro
Gabriel
(Rômulo)
Luisão
Wellington
(Maicon)
Fábio Santos
(Anderson)
Paulinho Dias
Léo Silva
Ricardinho
Guilherme
Araújo
Nenê

Técnico:
Émerson Ávila
Diego
Coelho
Marcos
Lima
Ricardinho
Rafael Miranda
Bilu
Marcinho
Danilinho
(Juninho)
Éder Luís
(Tchô)
Vanderlei
(Germano)

Técnico:
Levir Culpi
Gols
8min - 1 º tempo
Guilherme
42min - 1 º tempo
Wellington

Cartões amarelos
Rômulo
Coelho
Ricardinho
Rafael Miranda
Tchô
Cartões vermelhos
Luisão  
Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Álvaro Azevedo Quelhas
Público: 42.475 pagantes

Redação Terra