Gaúcho

› Esportes › Futebol › Estaduais 2008 › Gaúcho

Gaúcho

Quinta, 17 de janeiro de 2008, 14h10 Atualizada às 14h10

Grêmio tem dificuldades para escalar zaga

Após a perda de quatro zagueiros o treinador do tricolor gaúcho, Wagner Mancini, tem dificuldades para escalar a retaguarda gremista. Com isso Wagner, zagueiro de 1,91m de altura, formado nas categorias de base da equipe deve ter uma chance entre os titulares.

» Veja as últimas do Grêmio

A expectativa de Mancini era iniciar a temporada 2008 com a dupla de zaga formada por Teco e Léo. Entretanto, o desejo do treinador foi por água abaixo quando Teco teve novamente problemas no joelho esquerdo e passou por uma nova cirurgia, e deve ficar foram dos gramados por mais seis meses.

O substituto imediato, William Thiego, teve lesão muscular no jogo-treino contra o Flamengo de São Valentim, no último domingo, e pára por 20 dias. Depois, a chance seria de Matheus, zagueiro contratado ano passado junto ao Ipatinga. Mas devido às más condições físicas, o atleta foi descartado.

A quarta opção de Mancini foi Pereira, que estava entre os dispensados e passou a ser solução. Porém no treinamento de quarta, o zagueiro sofreu uma forte batida no olho, levou pontos no supercílio e está com inchaço no local, o que inviabilizaria sua escalação no sábado. Com isso, a vaga ao lado de Léo deve ficar mesmo com o jovem Wagner que diz querer fugir da má fase.

"Meus companheiros que entraram acabaram se machucando. O Mancini ainda não decidiu se eu vou começar como titular contra o XV de Campo Bom (no sábado). Tive a oportunidade de participar do time titular no treinamento. Mas vou esperar até sábado para saber se receberei a oportunidade", falou Wágner.

Lancepress!

Busque outras notícias no Terra