Paulista

› Esportes › Futebol › Estaduais 2008 › Paulista

Paulista

Quarta, 13 de fevereiro de 2008, 12h42

Fabão é apresentado e elogia técnico Leão

Samir Carvalho
Direto de Santos

O Santos apresentou nesta quarta-feira o zagueiro Fabão, 31 anos, que estava atuando no Kashima Antlers do Japão. O atleta assinou contrato de dois anos com o clube da Vila Belmiro e chega a pedido do técnico Emerson Leão, que trabalhou com o zagueiro na época em que comandou o São Paulo em 2005. Os dois conquistaram o campeonato paulista daquele ano.

» Veja as fotos
» Veja as últimas do Santos

"Eu gosto demais de trabalhar com o professor Leão. Já tive a oportunidade de trabalhar com ele no São Paulo e agora no Santos. Existem pessoas que pensam diferente, mas eu penso positivo quanto ao Leão. A família e também a oportunidade de jogar em uma equipe grande fizeram que eu voltasse ao Brasil", comentou Fabão.

O atleta já estava no clube alvinegro desde o dia 21 de janeiro, fazendo recuperação no CT Rei Pelé, por causa de uma fratura na fíbula da pena direita. O atleta passou por uma cirurgia há cinco meses, no Japão, quando estava defendendo o Kashima Antlers, e utilizou as instalações do Cepraf (Centre de Excelência em Prevenção e Recuperação de Atletas de Futebol) para se recuperar.

"Não vou falar que estou 100%, mas estou trabalhando forte com o pessoal do departamento médico e da parte física, e espero estrear daqui há duas semanas. Estou fazendo os trabalhos em dois períodos para me readaptar e ficar bem fisicamente".

Fabão estava praticamente contratado no inicio da pré-temporada santista, mas não foi aprovado nos exames médicos do clube, porque ainda não havia se recuperado.

"Eu cheguei aqui, e o doutor (Carlos Braga) tomou até um susto com o meu pé. Até eu mesmo fiquei com vergonha da forma que o meu pé estava, mas hoje está ficando bom", disse o zagueiro.

O zagueiro chega principalmente para a disputa da Libertadores da América, competição que conquistou quando atuava pelo São Paulo. Entre 2005 e 2006, além da Libertadores, o atleta foi campeão mundial, paulista e brasileiro, jogando pela equipe são-paulina.

"A Libertadores é um campeonato totalmente diferente do Campeonato Brasileiro, jogamos contra equipes do Uruguai, do Chile, e principalmente argentinos, vocês sabem que o 'bicho pega'. Temos que fazer sempre o resultado dentro de casa e jogar tranqüilo fora do país", completou Fabão.

O camisa 15 santista na Libertadores foi revelado pelo Bahia, e também atuou por Flamengo, Betis-ESP, Córdoba-ESP, Goiás, São Paulo e Kashima Antlers-JAP. O técnico Emerson Leão espera contar com o zagueiro para a segunda rodada da competição sul-americana, quando o Santos enfrenta o Chivas, no dia 4 de março, na Vila Belmiro.

Redação Terra

Samir Carvalho/Especial para Terra
Zagueiro Fabão é apresentado no Santos e já elogia técnico Emerson Leão
Zagueiro Fabão é apresentado no Santos e já elogia técnico Emerson Leão

Busque outras notícias no Terra