Paranaense

› Esportes › Futebol › Estaduais 2008 › Paranaense

Paranaense

Quarta, 7 de maio de 2008, 15h12

Atlético-PR reclama de abordagem sobre polêmica

A diretoria do Atlético-PR deu uma resposta oficial à série de reportagens veiculadas na mídia sobre a polêmica não-realização da premiação ao rival Coritiba após a final do Estadual, em seu estádio, no último domingo.

» Atlético-PR deve ser punido por polêmica com troféu
» Veja mais do Atlético-PR

O clube alega que fez o pedido à Federação Paranaense de Futebol (FPF) visando proteger a segurança física dos presentes e a integridade do patrimônio do clube e reclamou da abordagem da imprensa. O Coritiba perdeu por 2 a 1, mas ficou com o título por ter melhor campanha.

O presidente do Conselho Gestor do clube, João Augusto Fleury da Rocha, afirmou que a medida foi sugerida pelo policiamento. "Não resolvemos simplesmente proibir a entrada de troféu porque achamos que iríamos ter problemas. Existiam informações de que os estragos poderiam ser severos por conta da rivalidade entre as torcidas. A orientação era para que a gente não permitisse a entrega de troféu ou medalhas para não acirrar ainda mais os ânimos", garantiu.

Fleury também argumentou que em nenhum momento a premiação foi impedida de entrar na Arena da Baixada para evitar que o rival, no caso o Coritiba, desse a volta olímpica no campo e que a segurança foi o fator de definiu a determinação.

"Aqui ninguém pisou na bola. Se tínhamos o dever de garantir sozinhos a segurança, achamos por bem não permitirmos a entrega das medalhas", finalizou.

Gazeta Press

Busque outras notícias no Terra