ManagerZone
Crie seu próprio time de futebol
Administre uma equipe e desafie seu amigos na Internet!
Leia mais

Italiano
Sexta, 16 de março de 2007, 10h09 
Ronaldo indica Milan a Ronaldinho
 
 Últimas de Italiano
» Milan decide futuro de Kaká na segunda-feira
» Crise do Milan se agrava com derrota para o Sampdoria
» Técnico do Milan descarta mais contratações para a temporada
» Técnico do Milan descarta mais contratações para a temporada
Busca
Busque outras notícias no Terra:

Após os rumores de que Ronaldinho poderia ser transferido para o Milan, o brasileiro Ronaldo, atacante da equipe italiana, acredita que o jogador do Barcelona se sentiria muito bem com a maneiro que o time italiano trabalha.

» Ronaldo "fala língua das mulheres"

"Estou seguro que Ronaldinho também se sentirá muito cômodo com a maneira de trabalhar do Milan", contou ele, de acordo com o AS.

Quando perguntado se ele e Kaká teriam dito para Ronaldinho deixar o time espanhol, o atacante negou.

"Não, eu pelo menos não falei com Ronaldinho. Mas tanto Berlusconni como Galliani se manifestaram mais de uma vez que existe a possibilidade de Ronaldinho deixar o Barcelona e o Milan estará disposto a trazê-lo. É um clube que respeita a todos", disse.

Ronaldo afirmou também que torce para seu antigo clube, o Real Madrid vencer o Campeonato Espanhol, mas não com o técnico Fabio Capello.

"Espero que o Real Madrid vença a Liga", assegurou o brasileiro, contratado em 2002 pelo clube espanhol, então presidido por Florentino Pérez.

"Apesar dos resultados negativos que a equipe tem obtido, principalmente no Bernabéu, a verdade é que tem chances de ser campeã. Mas vou ser sincero: não gostaria que o Madrid fosse campeão por Capello, e sim por meus companheiros", afirma Ronaldo.

Ronaldo, 30 anos, havia perdido sua posição de titular no início da temporada no Real Madrid e tinha uma relação difícil com o técnico italiano, o que causou sua saída do clube.

Após ter assinado com o Milan no início da temporada, Ronaldo agradeceu a todos seus treinadores no Real Madrid, "menos a um".
 

AFP

Todos os direitos de reprodução e representação reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.