ManagerZone
Crie seu próprio time de futebol
Administre uma equipe e desafie seu amigos na Internet!
Leia mais

Copa dos Campeões
Quarta, 23 de maio de 2007, 17h37  Atualizada às 18h24
Título da Copa dos Campeões consagra Kaká
 
AP
Na decisão, Kaká contribuiu com uma assistência para Inzaghi
Na decisão, Kaká contribuiu com uma assistência para Inzaghi
Enquete
Quem foi o destaque do Milan na final da Copa dos Campeões?
Carlo Ancelotti
Inzaghi
Kaká

 Últimas de Copa dos Campeões
» Chelsea pode improvisar Belletti; Júlio César é dúvida na Inter
» Sem definir no primeiro jogo, Arsenal dá esperança à Roma
» Inter espera aproveitar segunda chance contra o Manchester
» Uefa rejeita pedido do Real para inscrever jogadores na Liga
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Nenhum jogador representa melhor o triunfo do Milan na Copa dos Campeões do que Kaká. O meio-campista brasileiro demonstrou seu melhor futebol ao longo de toda a competição, foi o artilheiro do certame, com dez gols, e obteve sua principal conquista como titular.

» Milan dá o troco no Liverpool
» Veja as fotos da decisão
» Milan supera escândalo
» Torcedor invade campo
» Ronaldo tem novo visual
» Opine: Kaká merece o prêmio
de melhor jogador do mundo?

O excelente desempenho do atleta o coloca como principal favorito à conquista da Bola de Ouro, oferecida pela revista France Football, e ao prêmio de melhor do ano da Fifa. Fabio Cannavaro e Ronaldinho, últimos campeões, não vivem suas melhores fases e dificilmente serão páreo para o ex-são-paulino.

Kaká já tinha no currículo o título da Copa do Mundo de 2002, mas sua contribuição foi como reserva da Seleção dirigida por Luiz Felipe Scolari. Em sua primeira temporada no Milan (2003/04), surpreendeu pelo bom desempenho e ajudou na conquista do Italiano.

Em nenhuma competição, no entanto, o meio-campista teve participação tão decisiva como ocorreu na Copa dos Campeões deste ano. Como o técnico Carlo Ancelotti optou, na maioria das oportunidades, por apenas um atacante, o brasileiro se dividiu entre a armação e a conclusão das jogadas.

Kaká teve, é verdade, grande contribuição do holandês Clarence Seedorf, com quem fez grande dupla no meio-campo. Na decisão contra o Liverpool, também demonstrou bom entrosamento com o atacante Inzaghi, para quem distribuiu uma assistência açucarada.
 

Redação Terra