Inglês
Terça, 4 de setembro de 2007, 17h31  Atualizada às 19h22
Garota é demitida após delatar suposta orgia com Cristiano Ronaldo
 
 Últimas de Inglês
» Demissão de Grant era "inevitável", diz ex-técnico
» Chelsea demite técnico Avram Grant
» Aos 104 anos, Hull City chega à primeira divisão inglesa
» Diretoria do Chelsea critica trabalho de Avram Grant
Busca
Busque outras notícias no Terra:

Tyese Cunningham, 18 anos, foi demitida de uma agência de acompanhantes após delatar uma suposta orgia envolvendo o brasileiro Anderson e os portugueses Cristiano Ronaldo e Nani, ambos do Manchester United, segundo a imprensa inglesa.

» Cristiano Ronaldo e Anderson teriam participado de orgia após vitória

Ela e mais quatro garotas teriam viajado cerca de 95km de táxi até a casa de Ronaldo, no subúrbio de Manchester, no domingo, logo após a partida contra o Tottenham, vencida pelo atual campeão inglês por 1 a 0.

"Tyese não pertence mais ao nosso catálogo. Ela foi demitida por quebra de contrato", disse o porta-voz da McKenzies Escort Agency.

De acordo com o jornal inglês The Sun, os jogadores e outros convidados ficaram na piscina com as garotas, que passeavam sem roupas e trocavam de quartos. Elas teriam tirado fotos com aparelhos de celular dentro da casa e teriam filmado Anderson apenas de cueca.

A "festinha" teria se encerrado às 5h da manhã, "quando um dos convidados disse às garotas fazerem silêncio porque Ronaldo estava cansado e tinha ido dormir", afirma o jornal.

Tyese Cunningham teria declarado à imprensa britânica que nunca se sentiu tão desrespeitada com o tratamento dado pelos jogadores do Manchester United, fato que a encorajou na hora de "delatar" o ocorrido.


 

Redação Terra