Inglês
Sexta, 7 de setembro de 2007, 19h19 
Prostituta diz que não cobraria por encontro com português
 
 Últimas de Inglês
» Demissão de Grant era "inevitável", diz ex-técnico
» Chelsea demite técnico Avram Grant
» Aos 104 anos, Hull City chega à primeira divisão inglesa
» Diretoria do Chelsea critica trabalho de Avram Grant
Busca
Busque outras notícias no Terra:

Uma das garotas que teria participado da orgia promovida pelo atacante português Cristiano Ronaldo, do Manchester United, disse em entrevista ao jornal Sunday Mirror que não cobraria pela festa se soubesse que seria o camisa 7 a promovê-la.

» Garota é demitida após delatar suposta orgia
» Cristiano Ronaldo e Anderson teriam participado de orgia após vitória

A brasileira Juliana Baltrusch, 24 anos, disse que é fã do jogador português do Manchester United e que não sabia, até o momento de chegar na casa dele, quem tinha contratado os serviços.

"Eu reconheci Ronaldo rapidamente, depois de tê-lo visto na Copa do Mundo no ano passado. Ele é meu ídolo. Sempre gostei dele e quase falei que faria de graça", declarou Juliana.

Segundo a garota, Ronaldo pagou 3 mil libras (quase R$ 12 mil) pela festa particular e ainda teria pedido sigilo, uma vez que temia que pudesse sofrer qualquer tipo de represália pelo técnico do Manchester United, Alex Ferguson. Além de Ronaldo, outros dois jogadores da equipe, o também português Nani e o brasileiro Anderson, também teriam participado da orgia.
 

Redação Terra