Futebol Europeu 2007/2008
Domingo, 18 de novembro de 2007, 17h35  Atualizada às 18h00
Ronaldo e Zidane disputam jogo beneficente nesta 2ª
 
 Últimas de Futebol Europeu 2007/2008
» Novo reforço inicia treinamentos no São Paulo
» Kaká defende Milan e critica postura da Seleção em corte
» Ex-são-paulino é expulso em despedida de Kahn
» Preud'Homme deixa time belga após título
Busca
Busque outras notícias no Terra:

O atacante brasileiro Ronaldo, do Milan, voltará a se reunir com o ex-jogador francês Zidane em sua função de embaixadores de Boa Vontade do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) para a disputa de mais uma edição do Jogo Contra a Pobreza, que ocorre nesta segunda-feira, na cidade espanhola de Málaga.

O jogo reunirá mais de 40 nomes da elite do futebol mundial e terá a presença dos brasileiros Roberto Carlos, Belletti, Ricardo Oliveira, Roque Júnior e Cafu, do inglês David Beckham e do italiano Paolo Maldini, entre outros. A partida está marcada para às 16h (de Brasília) no Estádio La Rosaleda.

Como nas quatro edições anteriores, o árbitro será o italiano Pierluigi Collina. Entre os treinadores estão o mexicano Javier Aguirre, do Atlético de Madri, e o ex-jogador búlgaro Hristo Stoichkov, com passagem pelo Barcelona e que estava no comando do Celta de Vigo.

O valor total da arrecadação da partida será destinado a atividades do Pnud. As arrecadações das edições anteriores foram entregues para auxiliar projetos que vão desde a criação de pequenas empresas para mulheres até a construção de quadras poliesportivas para meninos de rua.

As edições anteriores do Jogo Contra a Pobreza foram realizadas em 2002 em Madri (Espanha), 2003 na Basiléia (Suíça), 2005 em Düsseldorf (Alemanha) e em março de 2007 em Marselha (França).

Os países ajudados pela iniciativa são Brasil, Bolívia, Burkina Fasso, Butão, Ilhas Comores, Cuba, Colômbia, Etiópia, Eritréia, Guiné-Bissau, Haiti, Marrocos, Moçambique, Namíbia, Tanzânia, Sri Lanka, República Democrática do Congo, Uganda e Vietnã.

O ex-piloto alemão Michael Schumacher, sete vezes campeão mundial de Fórmula 1 e grande fã de futebol, será outro convidado ilustre. Ele irá para sua terceira participação consecutiva na festa.

Ao falar sobre o evento, Ronaldo destacou que "é preciso seguir mobilizando o mundo do futebol para a importância da luta contra a miséria", e pediu a "erradicação da pobreza" do mundo.

O ex-jogador francês Zinedine Zidane, por sua parte, aproveitou o comunicado para assinalar sua alegria em "voltar aos campos por uma causa tão justa como esta".
 

EFE

Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.