Alemão
Domingo, 4 de maio de 2008, 13h50  Atualizada às 15h43
Na estréia de Breno, Bayern empata e confirma título
 
Reuters
De Michelis leva banho de cerveja em comemoração de título
De Michelis leva banho de cerveja em comemoração de título
 Últimas de Alemão
» Ex-são-paulino é expulso em despedida de Kahn
» Ribery é eleito melhor jogador da temporada alemã
» Borussia Dortmund apresenta novo técnico
» Sem clube, Klasnic analisa propostas na Alemanha
Busca
Busque outras notícias no Terra:

No jogo que marcou a estréia do ex-zagueiro são-paulino Breno no Campenato Alemão, o Bayern de Munique faturou o Campeonato Alemão de 2007/2008, na tarde deste domingo, ao segurar um empate sem gols com o Wolfsburg, atuando fora de casa.

» Veja fotos da partida
» Assista ao vídeo
» Veja a tabela
» Confira a classificação

Mesmo sem apresentar o brilho das atuações de toda a temporada, o time dos brasileiros Lúcio e Zé Roberto, além da revelação saída do Morumbi, não precisou fazer muito para garantir a conquista do 21º título nacional de sua história.

Após a confirmação do campeonato, o gramado da Volkswagen Arena se tornou palco da festa proporcionada pelos jogadores, comissão técnica e dirigentes, acompanhada pelos torcedores que compareceram em peso ao estádio.

Prevendo a conquista já nesta rodada, a diretoria do Bayern organizou grande festa no campo, regada à elevadas quantidades de chopp e os vários cantos da torcida entoados também pelos jogadores.

Mesmo sem repetir as boas atuações que o fizeram abrir dez pontos para o vice-líder Werder Bremen, o campeão conseguiu segurar os ataques do Wolfsburg, comandados pela dupla brasileira Marcelinho Paraíba e Grafite,e foi aos 67 pontos.

Sem Oliver Khan no gol, depois da humilhante desclassificação na Copa da Uefa, com goleada por 4 a 0 para o Zenit, o campeão alemão garantiu também a última conquista do técnico Ottmar Hitzfeld no comando da equipe.

Ao fim da partida, o time repetiu o feito da temporada 2001/2002, quando conquistou o título jogando na Wolfsburg Arena, embora, na ocasião, tenha vencido por 2 a 0, com gol do brasileiro Élber. A equipe volta a levantar a taça depois de um ano, quando acabou na modesta quarta colocação.

Na outra partida da rodada, o Bayer Leverkusen vacilou e perdeu a chance de recuperar a quarta posição, última a dar vaga para a Copa dos Campeões, ao empatar com o lanterna Duisburgo por 2 a 2. A duas rodadas do final, a equipe segue na sexta colocação, com 49 pontos.

Ishiaku abriu o placar para o último colocado da competição, aos 14min de jogo, mas Sinkiewicz empatou, quatro minutos depois. Aos 36min, Ishiaku voltou a marcar, recolocando o Duisburgo na frente. Já na etapa final, Barnetta salvou o Bayer Leverkusen da derrota, marcando aos 27min.

Com informações da GazetaPress.
 

Redação Terra