0

Ex-atacante da Udinese sofre AVC e morre aos 25 anos

6 dez 2011
13h30
atualizado às 14h56

O atacante Paul Ramírez, ex-jogador da seleção Sub-20 da Venezuela e que atuou na Itália pela Udinese, morreu na noite de segunda-feira, vítima de uma doença renal seguida de um AVC, informou a Federação Venezuelana de Futebol.

O jovem jogador morreu na cidade de Puerto Ordaz, depois de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) fruto de uma complicação da doença, segundo familiares. Conhecido também pelo apelido "La Iguana", Ramírez foi um dos destaques da seleção de seu país no Campeonato Sul-Americano Sub-20 de 2005, no qual fez dupla de ataque com Nicolás Fedor, hoje no Getafe, da Espanha.

Sua participação naquele torneio lhe rendeu uma transferência para a Udinese em fevereiro de 2005. Na Itália, Ramírez também defendeu o Ascoli, por empréstimo, e nesta mesma condição jogou pelo Bellinzona, da Suíça.

Poucos anos depois, o venezuelano teve que retornar ao país natal por causa da doença e passou por um transplante de rim, encerrando a carreira como jogador no final de 2008.

Paul Ramírez (esq) durante o Sul-Americano Sub-20 de 2005 pela Venezuela
Paul Ramírez (esq) durante o Sul-Americano Sub-20 de 2005 pela Venezuela
Foto: AP
EFE   

compartilhe

publicidade
publicidade