0

Ex-presidente do Fla é condenado a devolver R$ 18,7 milhões ao clube

7 ago 2013
17h52
atualizado às 18h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Presidente do Flamengo entre os anos de 1999 e 2001, Edmundo dos Santos Silva foi condenado a devolver R$ 18,7 milhões ao clube. A decisão foi dada pelo desembargador Sidney Hartung, da Quarta Camâra Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJD-RJ), no dia 31 de julho e publicada no Diário Oficial na última terça-feira. Além desse valor, R$ 500 mil deverão ser pagos a título de honorários.

Brasileiro Série A 201338ª Rodada

TimesPJ
14Criciúma >>Subiu 14638
15Fluminense >>Subiu 34638
16Flamengo >>Desceu54538
17Portuguesa >>Desceu44438
18Vasco da Gama >>Desceu14438

Edmundo dos Santos Silva é réu na ação impetrada pelo Flamengo, acusado de não prestar contas de gastos de diversos tipos no período em que esteve à frente do clube. Geraldo Magela de Oliveira, advogado do ex-dirigente, afirmou que irá recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) por instabilidade na decisão.

"A última sentença publicada terá que ser anulada, já que basearam a decisão em uma perícia que não foi realizada corretamente", disse.

Já o vice-presidente jurídico do Flamengo, Flávio Willeman, afirmou que o clube está tranquilo quanto a este processo, já que a decisão foi favorável  nesta segunda instância. O dirigente ainda acredita que o caso não irá subir ao STJ.

"O processo foi julgado em segunda instância e o Flamengo ganhou de novo. É muito difícil que um novo recurso suba para o Superior Tribunal de Justiça. A Súmula 7 do STJ proibe que um recurso seja julgado se o que é discutido são fatos e provas. O recurso só pode ser julgado pelo STJ se for por direito, o que não é o caso", afirmou.

 

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade