PUBLICIDADE

Excluído da seleção, Boateng diz que não insultou treinador

26 jun 2014 - 09h20
(atualizado às 09h37)
Compartilhar
Exibir comentários

Boateng disse que foi insultado pelo treinador
Boateng disse que foi insultado pelo treinador
Foto: Getty Images
Excluído da seleção de Gana por indisciplina, o meia Kevin-Prince Boateng procurou a imprensa alemã para se justificar. O jogador do Schalke foi expulso da delegação após insultar o técnico Kwasi Appiah. Segundo a versão de Boateng, foi o treinador que o teria insultado.

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

"Tivemos uma reunião e ao final da conversa ele nos mandou ao vestiário. Depois perguntei-lhe o que tinha contra mim, e ele começou a gritar e a me insultar", disse Boateng ao diário Bild.

O meia afirmou ter aceitado a decisão dos dirigentes ganeses, mas deixou claro que não faltou com respeito ao técnico.

"Soube nesta quinta-feira da minha suspensão e aceitei a decisão sem qualquer problema. Mas quero que fique claro que da minha parte não houve insultos. Vou embora e desejo o melhor aos meus companheiros contra Portugal", finalizou.

O meia Muntari também foi excluído da seleção ganesa, acusado de agredir um membro da administração.

Gana enfrenta Portugal às 13 (de Brasília), nesta quinta-feira, no Estádio Mané Garrincha. A seleção africana ainda possui chances de classificação às oitavas de final da Copa do Mundo.

Veja os gols em 3D da Copa Veja os gols em 3D da Copa

Fonte: Lancepress! Lancepress!
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade