0

Flu pega Huachipato no Chile para retomar o rumo na Libertadores

26 fev 2013
22h16
atualizado às 22h17

O Fluminense enfrenta o Huachipato, atual campeão chileno, nesta quarta-feira no estádio CAP de Talcahuano, no sul de Chile, pela terceira rodada do Grupo 8 da Taça Libertadores, e precisa da vitória para se redimir da derrota por 3 a 0 que sofreu para o Grêmio em pleno Engenhão na semana passada.

O time chileno também vem de um péssimo resultado em casa, já que perdeu por 3 a 1 para o Caracas, mas mostrou que é capaz de se superar ao derrotar o Grêmio por 2 a 1 em Porto Alegre na estreia.

Neste duelo entre campeões nacionais, o tricolor carioca espera manter a tendência da chave, na qual todas as partidas até agora terminaram com vitória dos visitantes, deixando as quatro equipes com os mesmos três pontos.

Deco, que foi poupado no empate por 2 a 2 com o Madureira, pelo Campeonato Carioca, declarou ao desembarcar em Santiago que o Flu vai partir para cima em buscar da vitória e da liderança isolada do grupo.

"Vimos as partidas do Huachipato e estudamos seus pontos fortes e fracos. O grupo está muito parelho, mas viemos buscar os três pontos para chegar com mais chances de classificação", afirmou o meia.

"Não jogamos bem contra o Grêmio, mas queremos recuperar os pontos perdidos diante do Huachipato", disse por sua vez o artilheiro Fred, autor do gol da vitória por 1 a 0 sobre o Caracas na estreia.

O técnico Abel Braga manteve o mistério sobre os jogadores que escalará no meio de campo, no qual Wágner, Thiago Neves, Deco e Rafael Sobis estão na briga por duas vagas na articulação das jogadas.

Assim como o Fluminense, o time chileno dá prioridade total à Libertadores e costuma poupar seus titulares nas partidas do campeonato local, no qual ocupa apenas a penúltima posição, após perder por 1 a 0 para a Unión Española.

Realista, o técnico Jorge Pellicer explicou que abriu mão de defender seu título nacional. "Optamos claramente por priorizar a Libertadores, ninguém pode exigir o bicampeonato nacional, não teremos condições de fazer isso".

"Precisamos derrotar o Fluminense para não ficar numa posição complicada neste grupo equilibrado. Vamos fazer de tudo para ganhar", completou o treinador.

O pontapé inicial da partida será dado às 22h00. O trio de arbitragem terá o argentino Saúl Laverni auxiliado por seus compatriotas Juan Belatti e Iván Núñez.

Huachipato: Nery Veloso - José Contreras, Carlos Labrín, Claudio Muñoz, Nicolás Crovetto - Lorenzo Reyes, Nicolás Núñez, Gabriel Sandoval, Francisco Arrué - Federico Falcone e Braian Rodríguez. DT: Jorge Pellicer.

Fluminense: Diego Cavalieri - Bruno, Gum, Leandro Euzebio, Carlinhos - Edinho, Jean, Deco, Thiago Neves (Wagner) - Wellington Nem e Fred. T: Abel Braga.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade