3 eventos ao vivo

Grêmio justifica demora em inscrever Riveros com postura dos turcos

16 jul 2013
11h52

Mais de um mês depois de ser apresentado como jogador do Grêmio, Riveros ainda não tem condições legais de atuar com a camisa do Grêmio. O clube gaúcho espera que a Federação Turca emita o Transfer Matching System (TMS), sistema utilizado pela Fifa para legitimar negociações, para que a CBF possa inscrever o volante. A presença do paraguaio se torna mais importante por conta das ausências de Adriano e Souza para o jogo com o Criciúma, no sábado, às 18h30, no Heriberto Hulse.

Riveros foi apresentado no clube gaúcho como reforço no dia 11 de junho. O volante rescindiu seu contrato com o Kayserispor - algo que só foi finalizado, com a assinatura do clube e do jogador na última semana - e assinou com os gaúchos por três temporadas. No entanto, aiinda espera poder estrear com a camisa gremista. Precisa estar no Boletim Informativo Diário (BID) até quinta-feira, 48 horas antes do confronto com o Tigre.

- A questão do Riveros é objetiva: a Federação Turca precisa emitir o TMS, se derem o enter lá, esse comando é recebido pela CBF e ele entra no BID. Dependemos da Federação, que é notóriamente uma das mais difíceis de lidar. Estamos pressionando diariamente, trabalhando incansavelmente para isso. Já conversamos com o jogador também para deixá-lo tranquilo - comentou o diretor-executivo Rui Costa na manhã desta terça-feira.

O Tricolor não poderá contar com os titulares Adriano, suspenso, e Souza, com dores pubianas, para o jogo de sábado. A tendência é que o paraguaio faça sua estreia, já que o clube acredita na regularização até o fim da janela de transferências, no sábado, ao lado do jovem Matheus Biteco. Ramiro é opção caso Riveros ainda não reúna condições de jogo.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade