Futebol

publicidade
15 de fevereiro de 2013 • 00h28 • atualizado às 00h50

Henrique nega ser principal jogador: "todos são tratados iguais"

O zagueiro Henrique marcou o primeiro gol do Palmeiras nesta edição da Copa Libertadores, na vitória do Verdão por 2 a 1 em cima do Sporting Cristal (PER), nesta quinta-feira, no estádio do Pacaembu, pela primeira rodada do Grupo 2. Autor de quatro gols nas últimas quatro partidas, o capitão alviverde descarta o rótulo de protagonista da equipe nesse início de temporada.

"Não tem principal, não tem cara diferenciado. Todo mundo está no mesmo patamar, quem está jogando e quem não está tem a mesma força. Nosso grupo é todo igual, todos são tratados iguais. Isso que faz uma equipe ser vencedora. Independentemente de quem é capitão, todos têm liberdade de cobrar", declarou o camisa 3, na saída de campo.

O zagueiro fez questão de enaltecer os mais de 18 mil palmeirenses que compareceram ao Pacaembu para incentivar a equipe e ressaltou as dificuldades ao longo do jogo. Agora, já muda o chip e foca o clássico diante do Corinthians, neste domingo, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

"Graças a Deus deu tudo certo, méritos de todo mundo, todo mundo de parabéns, tivemos algumas desatenções. Agora é descansar, tem um clássico no domingo, para a gente entrar 100%", afirmou.

Acerca do rendimento e empenho na última temporada, o zagueiro já vê mudanças no espírito da equipe dentro de campo.

"Muita coisa. Ano passado não tivemos tanta sorte. Lutamos ano passado, mas o espírito que estamos tendo esse ano está muito bom. Estamos no caminho certo, com essa dedicação que estamos apresentando", completou.

 

Lancepress!