0

Holanda perde para Turquia e flerta com fiasco; tchecos se garantem na Euro

6 set 2015
14h57
  • separator
  • comentários

A Holanda perdeu pela segunda vez consecutiva no grupo A das Eliminatórias para a Eurocopa de 2016, desta vez, neste domingo para a Turquia, fora de casa, por 3 a 0, e assim viu aumentado o risco de não ir ao torneio continental, destino oposto ao da República Tcheca, que se garantiu hoje.

O placar da partida disputada no Estádio Büyüksehir, na cidade de Konya, foi aberto pelo meia Oguzhan Özyakup, logo aos 8 minutos do primeiro tempo. O atleta, revelado no Arsenal e que defende atualmente o Besiktas, nasceu na em território holandês e chegou a jogar nas divisões de base da seleção do país.

O experiente Arda Turan, que não vem atuando no Barcelona por causa de punição do clube espanhol, que está proibido de registrar atletas até janeiro de 2016, mostrou que está em forma, ampliando o marcador aos 26 minutos da etapa inicial. O atacante Burak Yilmaz fechou a conta aos 41 do segundo tempo.

Com o resultado, a Turquia chegou aos 12 pontos, assumindo a terceira colocação do grupo A, passando a integrar a faixa de repescagem das Eliminatórias. A Holanda, que foi justamente a seleção que caiu para o quarto posto, segue com dez pontos, e estaria fora da Euro, se o torneio qualificatório estivesse no fim.

Faltando duas rodadas para o fim, os comandados por Danny Blind, no máximo, brigarão pela vaga como melhor terceiro colocado, possibilidade que também já é remota.

A República Tcheca, por sua vez, passou pela Letônia por 2 a 1, fora de casa e garantiu lugar na competição continental. Os gols visitantes foram feitos pelo lateral-esquerdo David Limbersky, aos 13 minutos, e pelo meia Vladimir Darida, aos 25. O meia-atacante Arturs Zjuzins descontou para os anfitriões no segundo tempo.

O resultado levou a seleção aos 19 pontos, assumindo provisoriamente a liderança. Com seis pontos em disputa, os tchecos já abriram sete dos turcos e nove dos holandeses. Logo mais, a Islândia terá chance de também carimbar seu passaporte para a França, em caso de empate, em casa, contra o Cazaquistão.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade