1 evento ao vivo

Ícone da seleção portuguesa de 1966, Mário Coluna morre aos 78 anos

25 fev 2014
15h35

O ex-jogador Mário Coluna, um dos ícones da era de ouro do Benfica nos anos 60, quando o clube venceu duas vezes a Copa dos Campeões da Europa (atual Liga dos Campeões), e da seleção de Portugal que ficou em terceiro lugar na Copa do Mundo de 1966, faleceu nesta terça-feira em Moçambique, seu país natal, aos 78 anos.

Segundo a imprensa portuguesa, Coluna estava internado desde domingo no Instituto do Coração com uma infecção pulmonar.

O ex-meia defendeu o Benfica em 525 partidas entre 1954 e 1970, marcou 127 gols e era companheiro de time e de seleção da maior lenda do futebol português, Eusébio, também moçambicano de nascimento e que morreu no dia 5 de janeiro, aos 71 anos.

Nascido em 1935, quando Moçambique ainda era colônia portuguesa, Coluna também foi um jogador-chave da seleção de Portugal, da qual foi capitão na Copa de 1966 e participou da vitória por 3 a 1 sobre o Brasil na primeira fase.

EFE   

compartilhe

publicidade
publicidade