0

Ídolo do Botafogo aposta em volta por cima de Rafael Marques

24 fev 2013
15h04
atualizado às 15h13
  • separator
  • 0
  • comentários

Praticamente dispensado no Botafogo no início do ano, Rafael Marques terá uma nova oportunidade como titular na partida deste domingo, contra o Boavista, às 16h, no Engenhão. E se depender do apoio de um ídolo do clube e conhecedor da posição, ele tem tudo para dar a volta por cima. Maurício, autor do gol do título estadual de 1989 contra o Flamengo, aposta na reabilitação do atleta. O ex-jogador está na torcida e atesta para o comprometimento de Rafael Marques nos treinos da equipe.

"Se é ou não (a solução para o ataque), só o treinador pode falar. Eu agora estou como torcedor e torcedor vai muito com a emoção e o coração. Treinador está lá no cotidiano e sabe as dificuldades e as capacidades dos jogadores. Só vou falar uma coisa que eu vi nos treinamentos. É um jogador tecnicamente bom, que está buscando, dedicando-se aos treinamentos... Eu acho que todos nós que somos profissionais e eu já fui um profissional da bola merecemos uma oportunidade. Mas uma oportunidade que ele possa jogar o tempo todo, umas três partidas para podermos observar melhor. Se jogar umas três e não fizer nada, é porque ele está abalado psicologicamente. Não pode um jogador chegar lá do Japão artilheiro e não fazer nada aqui. Eu acho que ele vai dar muitas alegrias e estou torcendo por ele. Vou torcer para ele deslanchar e já fazer hoje dois gols", disse.

Para Maurício, a pressão inicial ao chegar no clube para substituir um outro ídolo (Loco Abreu havia acabado de ser negociado quando Rafael Marques foi contratado) atrapalhou. Na visão do ex-jogador, a torcida não teve muita paciência com o atacante.

"Atrapalhou muito. Acho que essa pressão que fizeram, a saída do Loco, eu senti também bastante, o Botafogo sentiu. Qualquer um que entrasse ia ter essa cobrança. Tanto que o Bruno Mendes entrou depois sem tanta pressão e foi bem, teve tranquilidade, fez gols. Agora passa por um momento um pouquinho complicado, mas acho que é mais um cansaço muscular. Tem de recuar um pouquinho, trabalhar que vai voltar a ir bem. Um jogador que se movimenta, faz gols e chegou à Seleção (Sub-20) não é por acaso", comentou.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade